[A amiga rouba namorados] · [Crônicas] · [Juliana Skwara] · [Livros] · [Tipo Destino]

A amiga rouba namorados

Todo mundo já ouviu histórias da melhor amiga que rouba o namorado da amiga. Pois é, eu também. E nunca na minha cabeça entra que a melhor amiga de uma pessoa pode fazer isso. Mas acontece e muito. Me lembro da minha época de ensino médio e ouvir colegas falando a respeito disso. Todo mundo sabe que isso pode ser uma grande traição e que a amizade pode nunca mais ser a mesma. Nunca vivi isso, mas é fácil falar quando não se está nessa posição não é mesmo?
“A amiga rouba namorados” é um tema polêmico. Já vi muitos filmes e li alguns livros sobre o assunto e sabemos onde isso dá. Em coisa boa é que não é.
Como estou de férias, decidi ler “Tipo Destino” da escritora Susane Colasanti publicado pela Editora Novo Conceito que fala justamente sobre isso.  De duas grandes amigas que são apaixonadas pelo mesmo garoto.  PASMEM.

E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga?
E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga?

O livro narra a história de Lani e Erin, melhores amigas que apesar de serem muito diferentes são unidas por conta de um acontecimento e desde então, são fiéis uma a outra. Lani é aquele tipo de garota preocupada com o planeta, amante de natureza e muito fã de signos. Ela lê o horóscopo todos os dias e acredita que o Destino é algo fascinante. Já Erin, é a típica garota falante que todo mundo conhece e adora, agenda cheia, que não dispensa uma festa e nem namorados. As duas são bem diferentes e eu sei, esse enredo é bastante clichê. Até que Jason chega, colocando tudo de cabeça para baixo.
Jason e Erin começam a namorar, mas o que Lani não entende é o motivo dele se sentir tão atraído por ela. E é aqui que devo destacar alguns pontos. Confesso que no início, a história não me pegou e Lani não me convenceu nem um pouco (Por aquele motivo que expliquei nos primeiros parágrafos). Não conseguia compreender como Lani aceitava tão fácil aquela atração sem ao menos se importar com a sua melhor amiga. No meio disso tudo tem Blake, um dos melhores amigos de Lani que é gay não assumido e a convence a correr atrás de Jason. Uma atitude nada legal se querem saber. Acontece que o verão chega e Erin terá que viajar para o acampamento. Lani e Jason ficam na cidade e o resto vocês podem imaginar.
E olhem, odiei a personagem. Tá certo que Lani tenta fugir de Jason e vários desencontros acontecem. Só que em um determinado momento, eles começam a se encontrar mais do que desencontrar e Lani acredita que isso seja um sinal do Universo para que fiquem juntos.
A situação fica insustentável, o verão acaba e novo um ano escolar se inicia. Até que Erin descobre a triação e ferida, transforma a vida de Lani em um verdadeiro inferno. Essa é a questão. A vida de Lani, não a de Jason. Por quê?
Tá ok. Acredito na ideia de que a amiga deve esperar lealdade da melhor amiga e não do namorado. Em primeiro lugar a amizade e não o amor, mas por quê só infernizar a Lani?
Alguns meses atrás não teria pensado nisso. Acontece que no decorrer da leitura, observei que Lani sofre várias ameaças, bullying e até mesmo é chamada de ~ ARGH ~ vagabunda pelos colegas de escola, enquanto Jason continua com a sua boa vida de sempre. Ele não é infernizando por ninguém, não é excluído e todos continuam o adorando mesmo a culpa sendo dele também. Foi impossível não pensar que isso provavelmente aconteceu porque Lani é mulher. E porque todo mundo que a trata mal, inclusive Erin estão repetindo aquele comportamento machista que infelizmente existe. E nessa hora fiquei com muita raiva, muita mesmo. De uns tempos para cá, tenho lido muito sobre feminismo. E sim, sou feminista. Me interesso pelo assunto e sei que tenho que melhorar muito como ser humano, porque até uns tempos atrás era eu reproduzindo esse pensamento besta. E fiquei pensando o porquê a autora estava descrevendo aquela situação. Foi então que percebi que não poderia ser diferente, porque infelizmente essa é a realidade. É óbvio que não curti como os acontecimentos desenrolaram, mas como autora, ela pode denunciar essa realidade e trazer uma reflexão como a que fiz e quem sabe, fazer com que as coisas mudem e que nos próximos livros a situação se reverta.
E quem diria, a minha opinião sobre o livro mudou radicalmente. Eu que acreditava que se tratava de um livro clichê e que no início até odiei a protagonista, acabei adorando a história e gostando muito da forma como Susane colocou as coisas. Sei que muita gente odiou esse livro, achou ele bobo. Mas a questão é que a autora sabe captar o universo adolescente e no final, estava mudando de opinião sobre Lani e entendendo tudo que o tinha acontecido. Tanto o lado dela quanto o da Erin. Infelizmente a amizade das duas pode até não ter sido mais a mesma coisa depois do ocorrido, mas gostei do desfecho e tudo o que o livro me trouxe. Mesmo que a autora não tenha explorado a temática “O namorado da minha melhor amiga” quanto Emily Giffin em “O noivo da minha melhor amiga” que tive a oportunidade de assistir o filme e aborda bem mais essa situação que esse livro. Tipo Destino valeu e muito. A história conseguiu cumprir o que deveria. Trazer algum questionamento que ajude a me tornar uma pessoa melhor, olhar de forma diferente melhores amigas que se apaixonam pelo namorado da amiga e aprender a se colocar no lugar do outro.

Anúncios

3 comentários em “A amiga rouba namorados

  1. Provavelmente, eu ia ficar irritada com todos os personagens do livro. Porém, concordo com você sobre a questão dela só se vingar da amiga. Na verdade, ela deveria seguir em frente e ser feliz, pois essa seria maior vingança. Contudo, já que resolveu partir para o ataque, ele também foi sujo com ela. Mas isso não é coisa de livro. É muito comum na vida real. Bela resenha. Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s