[Crônicas] · [Juliana Skwara] · [Livros] · [Poesia] · [Primeiro livro] · [Saí do armário]

Saí do armário

Desde que entrei no meio literário com o Novos Escritores, muitas pessoas me perguntam o que escrevo. No início não fazia ideia do que dizer e quando soube, me senti insegura. Só agora notei que demorou para cair a ficha, para encontrar a minha voz, o meu clube.

Apesar de escrever poesia quando pequena, não sou do time dos poetas, mas me atrevi a fazer uma poesia sobre isso (levem como um texto rimado haha). Me poetizei e falei sobre a minha escrita. Deixo com vocês essa leitura.

Agora sim posso dizer: Prazer, esse é o meu lado Escritora.

Saí do armário

Sou dos becos escuros,

minha turma é a noite

os versos, as estrelas e as rimas.

Enquanto a maioria das pessoas são do dia,

desperto a noite,

quando a inspiração caminha.

Sou das bruxas, lobisomens e vampiros,

não vejo graça no normal,

seríamos ótimos amigos, 

mas a minha turma

é a dos excluídos. 

Alguns são levados a escrever

pelo amor e finais felizes.

Eu escrevo pelo estranho e o sobrenatural

que me fascinam e eletrizam.

Gosto do inusitado,

de não fazer sentido.

Para mim é o maior barato, 

esse é o meu caminho. 

Nem o dia a dia, 

nem a monotonia, 

nas entrelinhas,

são os mistérios que me guiam. 

Aprendi muito com a escrita,

uma delas é que o meu lugar são com os esquisitos, 

esse é o meu destino. 

Saí do armário,

chegou a hora de parar de deixar a escrita de lado.

Anúncios

2 comentários em “Saí do armário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s