[Crônicas] · [Falando menos abobrinha e espalhando mais amor] · [Juliana Skwara]

Falando menos abobrinha e espalhando mais amor


No final de semana, minha timeline de todas as redes sociais – e acredito que a de vocês também – foi infestada por uma série de desabafos, protestos, ofensas e etc. Veja bem, esse post não tem o menor intuito de discutir política, mas sim falar sobre o ódio que tem reinado na vida online, principalmente no Facebook.

Que a rede social do Mark Zuckerberg sempre foi lugar para indiretas e desafetos não é segredo para ninguém. De vez em quando acontece de uma pessoa que você sabe que não vai com a sua cara te adicionar sabe-se lá para o quê ou um vizinho sempre tecer comentários sobre o que você faz ou deixa de fazer, mas vamos ao que interessa.

Uma coisa que tenho observado e falo de forma geral é que as pessoas se tornaram muito radicalistas. Como assim? Se alguém posta uma determinada coisa e não concorda, ela é burra, iludida e etc. Isso piora mais ainda quando envolve Webcelebridades e pessoas famosas como a Pitty, por exemplo. No último final de semana, Pitty virou notícia por conta de um comentário que repercutiu em várias jornais. Até aí tudo bem, só que a minha cantora favorita foi radicalista e isso gerou uma bola de neve. Mais uma vez, não quero discutir política, mas acontece que o comentário dela foi infeliz e interpretado fora do contexto. Eu mesma fiquei chateada com o que ela disse. A situação é o seguinte: eu tinha uma opinião diferente da dela, mas tudo bem, a vida é assim, não dá pra concordar sempre com todo mundo. Mas se não bastasse ela generalizar, ainda tinham os fãs no grupo de fãs do facebook – que faço parte aliás – dizendo que quem estava discordando dela era infeliz, puta, idiota e vários outros adjetivos pejorativos. Como assim minha gente? Só porque penso diferente dela isso é motivo para me humilhar? O triste é que nem tentei questionar os meus pensamentos na postagem, porque não valia a pena. Além de saber que não concordariam, corria o risco de ser humilhada na internet por pensar diferente da cantora. Então me resguardo e prefiro ficar em silêncio, mesmo sabendo que estão agindo de forma incorreta, ao não aceitar opiniões diferentes.

O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM VOCÊS PESSOAS?

A partir daí, a coisa desandou de vez. Li milhares de posts ofensivos, pessoas perdendo amigos por…bobeira. Triste, né? Confesso que às vezes nem dá vontade de abrir alguns sites na internet, porque a sensação que tenho é que estou navegando no lixo. Porque não basta a vida ser difícil, nosso país estar passando por um período violento, as pessoas tem que criar barraco no facebook em uma disputa infantil de poder.

Tudo piora na internet, porque para algumas pessoas parece que estar no outro lado da tela onde se é “inalcançável” dá mais poder para falar mal dos outros, jogar intrigas e espalhar sentimentos ruins. Não sejam essas pessoas! POR FAVOR! Milhares de pessoas sofrem todos os dias por conta do cyberbullying e os golpes que são realizados através da rede. Discursos de ódio e homofóbicos travestidos de “minha opinião”. Para que tá feio!

E se não bastasse tudo estar de cabeça para baixo, adivinhem? Eu me deparo com a notícia de que a Natalia Kills – Natalia Who? – que nunca vi, nem ouvi na vida humilhou um candidato no programa de TV “X-Factor”. O bom é que a justiça foi feita, o rapaz que foi humilhado em rede internacional recebeu inúmeras mensagens de carinho, algumas de pessoas famosas como Lorde e Ed Sheeran e a pessoa em questão ao lado do seu marido com estilo único que nem sei quem é foi demitida do programa e ops, da gravadora. Bem, ela procurou não é mesmo? Meu coração ficou tranquilo, a situação não passou batida.

No meio de todo esse turbilhão, recebi um convite do Escritor Maurício Gomyde de ficar 48 horas sem ódio no face e espalhar amor e coisas boas pela timeline e convidar os amigos. O evento em questão começa no sábado 21/03/ 2015 e termina na segunda 23/03/2015, mas você pode começar agora e tentar mudar suas atitudes para sempre.

Não sou perfeita e sei que não posso ser, mas a proposta do Gomyde ficou martelando na minha cabeça durante um tempo e me motivou a escrever esse texto. Talvez seja porque estamos vivendo um momento parecido, mas aí fiquei pensando: quando foi a última vez que você elogiou uma pessoa sem querer nada em troca? Quando foi a última vez que você abraçou alguém que você gosta? Você já tentou perdoar alguém que te fez mal? Já tentou ser legal com alguém que não gosta? Se você já ofendeu alguém, destilou veneno ou fez alguém se sentir mal, já se colocou no lugar dessa pessoa? Acho que não gostaria, né? Sei que pode soar clichê ou utópico, mas a verdade é que se queremos mudar o mundo, temos que começar pelas nossas ações. O mundo anda complicado para viver e dificultar as coisas não vai adiantar.

Problemas todos temos e teremos até o fim dos nossos dias, mas rancor, mágoa, raiva e tristeza não são coisas boas e nem fazem bem. Amar é algo tão prazeroso! Sorrir e fazer o bem mais ainda. Não sei vocês, mas elogiar alguém é algo que gosto de fazer. Tenho a sensação de que alguma coisa dentro de mim vibra. Talvez seja porque a sensação de fazer o outro feliz é poderosa. Vamos ser menos egoístas, respeitar mais os outros e suas opiniões e espalhar amor, fofura e paz pelo mundo, seja na vida online ou offline. São as pequenas ações que fazem a diferença. Mude o mundo, comece por você!

E me perdoem o uso exagerado de “você”, mas talvez seja um sinal para olharmos mais para o próximo sem julgar 🙂

Segue a dica da Tia Pitty e seja feliz =]

Anúncios

3 comentários em “Falando menos abobrinha e espalhando mais amor

  1. Nossa eu concordo DEMAIS. Tá chato…tá tudo muito chato. tem uma frase da Martha Medeiros que é maravilhosa sobre isso e que vez ou outra eu publico pra ver se algumas carapuças são vestidas:

    Fico besta com quem perde a compostura por não gostar de algo ou alguém: tão mais simples desconectar. Não ouça, não leia, não prestigie. Dê atenção ao que tem sintonia com você. E toque sua vida, sem agredir.(Crônica “Coração Vagabundo”, 2010.)

    Não é?

    Beijos flor! vamos espalhar amor nessa interwebs!

  2. Oi Ju!
    Adorei seu texto, você falou tudo!
    Hoje em dia parece que é crime você dizer a sua opinião quando a maioria ou uma parte das pessoas é contrária a ela. Acho que a gente se sente até mesmo incomodado ou inibido em falar ou dar nossa opinião quando muita gente só pensa em atacar de forma agressiva quem não pensa ou acha igual ao outro. Todo mundo tem o direito de gostar ou não de alguma coisa e falta para muitas pessoas o respeito em relação a opinião do outro. Não precisa aceitar, caso não aceite o que o outro pensa. Mas no mínimo respeitar. Isso é presente em várias coisas na vida, seja em pequenas como livros, música, ou até mesmo política, como você mesma disse.
    Não sabia sobre esse evento no X-Factor e dei uma pesquisada agora. Nossa, fiquei bem chocada com a forma como os apresentadores foram rudes e passaram do limite diminuindo o cantor lá presente. Até porque as roupas estão aí para serem vendidas e não faz sentido algum eles terem acusado de ele estar vestido como o marido daquela mulher lá. Fiquei de certa forma chocada, mas li que muitas pessoas mandaram mensagens positivas para o participante do programa (pelo menos tem gente ainda que tem bom senso) e os apresentadores foram demitidos.
    Acho que no geral, na vida, parece (ou melhor, é) as pessoas tem esfriado com o amor em relação ao outro. São tantos ataques com coisas pequenas como opiniões divergentes que concordo com você, com o Maurício Gomyde… As pessoas precisam reavaliar suas atitudes e espalhar mais amor.
    Na verdade, não só as outras pessoas, mas todos nós (o que me incluo nisso). Ser mais tolerante. Tudo isso faz tão bem pra gente quanto para o outro.

    Beijo
    Daisy – nuvemdeletras.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s