Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban · superação · [Crônicas] · [Ensinamentos de Dumbledore] · [Juliana Skwara] · [The Strokes]

Ensinamentos de Dumbledore

 

Eu ia postar outra coisa, mas me lembrei de um texto que fazia muito tempo que estava martelando na minha cabeça e quando isso acontece, costumo não ignorar. Quem me conhece ou acompanha o blog pelas redes sociais, percebeu que fiquei afastada no início do mês. Isso aconteceu, porque fiquei doente. Agora graças a Deus estou bem, minha saúde vai muito bem obrigada, mas esse tempo em que fui obrigada a ficar afastada do meu trabalho com as mídias sociais e a escrita me fizeram refletir sobre diversas coisas. E é sobre elas que vamos conversar no papo de hoje.

Infelizmente eu e todo mundo temos uma mania terrível. Vivemos na correria: faculdade, trabalho ou escola, estágio, curso ou trabalho, filhos e vida social. Por causa dos nossos compromissos vivemos com a sensação de que estamos atrasados para tudo, que temos que dar conta e o estresse aflora de uma forma arrasadora. Quando descobri que estava doente – eu tive uma crise alérgica pra ser mais específica – entrei em choque. Porque dessa vez a crise foi bem mais forte e não tinha nada que pudesse fazer, além de descansar, tomar remédios e melhorar. Foram dias bem difíceis e foi nesse momento em que percebi o quanto somos vulneráveis e que a saúde é realmente importante. No final das contas, só ela que importa.

Eu desmorono muito fácil e fiquei muito preocupada. Por conta da minha imunidade baixa, deixei tudo de lado e apenas descansei. Fazia tanto tempo que não fazia aquilo e foi tão bom! Nesse meio tempo, redescobri várias coisas e também decidi outras. Sabe, por mais que trabalho e compromissos sociais sejam importantes, saúde e a sua família, as pessoas que você amam são bem mais. Porque fama, dinheiro, status, emprego tudo isso é efêmero, mas os sentimentos que você nutre pelas pessoas que ama, não. O triste nisso tudo é que não somos eternos, então nos basta aproveitar todos os momentos ao lado delas. Curtindo, ajudando, rindo, aprendendo e também se estressando, porque nem todo mundo pensa igual,  as pessoas pensam diferente. É importante respeitar a visão do outro e se permitir olhar para o mundo com os outros olhos. Ficamos tão obcecados e perdemos muito tempo com tanta besteira como por exemplo, com aquele ex que nunca vai dar em nada, porque o outro se deu bem naquela prova e você não, porque nunca consegue aquele cargo e esquecemos que existem pessoas com problemas muito maiores do que os nossos e também tem pessoas por aí que superaram e hoje dão lições de vida!

Enquanto estava doente e o estresse tomou conta de mim, minha vó deu um chacoalhão que me despertar. Ela me lembrou que no alto dos seus 75 anos, já tinha vencido dois tipos de câncer e estava ali firme e forte. Acho que foi a melhor coisa que poderia me dizer. Imediatamente, minhas lágrimas secaram e compreendi que se a minha avó podia ser forte, eu também poderia.

Foi durante esse momento de epifania que me lembrei de uma frase que Dumbledore fala em um dos livros, no caso em O Prisioneiro de Azkaban que nunca saiu na minha cabeça: “É possível encontrar a felicidade mesmo nas horas mais sombrias, se lembrar de acender a luz.”. Nunca Dumbledore teve tanta razão! Longe de mim querer dar lição ou querer ser clichê, mas a vida é algo tão preciosa e rara! Como diz os Strokes, “você só vive uma vez”. E aí você pensa, como é injusto com você e Deus (se você for religiosa como eu) reclamar de tudo e só enxergar os defeitos nas coisas. Muitas coisas ruins podem acontecer, mas as boas sempre serão as melhores e as maiores. Nunca se entregue a dor e a tristeza. Lembre-se sempre dos ensinamentos de Dumbledore, tudo que passamos todos os dias, seja ruim ou bom serve para nos tornar mais forte. E até mesmo nos momentos mais tristes, você pode encontrar uma saída. Não sei vocês, mas essas coisas acalmam o meu coração.

Obrigada Dumb por me permitir enxergar além!

Anúncios

2 comentários em “Ensinamentos de Dumbledore

  1. Oi Ju,
    Awwn *-* Dumbledore é, definitivamente, o personagem mais sábio da literatura. Às vezes eu penso que J.K. Rowling tinha toda essa sabedoria de vida dentro dela e não sabia onde usar. Ela criou o Dumble e ele é o resultado do ‘melhor dela’ ❤ Confesso que essa não é minha frase favorita do Dumble, prefiro 'tempos difíceis estão por vir, Harry' e 'o homem mais feliz do mundo veria a si mesmo, exatamente como é refletido no espelho'. *—-* Amor define esse lindo o/

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s