Diário de uma escritora outsider · Eu venci o #NaNoWriMo · Eu venci o #NaNoWriMo 2015 · NaNoWriMo · [Leitores] · [Literatura] · [Livros]

Eu venci o #NaNoWriMo 2015

É, eu sei. Faz um tempinho desde que nos falamos pela última vez.

Em minha defesa, informo que o motivo de ter faltado tanto no blog quanto no vlog, foi por causa do NaNoWriMo. Ah, o que é isso? A Juliana ficou maluca? 

Não, eu não fiquei. O NaNoWriMo – National Novel Writing Month/ Mês Especial para escrever um romance  ou conhecido como um campeonato de escrita – é um mês em que os Escritores se dedicam a escrever 50 mil palavras durante o mês de Novembro, podendo ou não finalizar um livro. Essa não é a primeira vez que participo. Lá em meados de 2013, participei com o primeiro livro que terminei e adivinhem? Cheguei a vinte mil palavras escritas. Na época, fiquei me sentindo péssima, mas olhando agora, vejo que para quem estava tentando pela primeira vez até que fui bem. Várias coisas me atrapalharam naquela época: final de período da faculdade, estágio, etc. Participei outras vezes, tanto do NaNoWriMo, quanto do Camp NaNoWrimo que acontece nas férias de Julho e flopei miseravelmente. No ano passado, quando tentei terminar o mesmo livro desse ano, escrevi duas mil palavras. Foi quando pensei que não poderia deixar a próxima oportunidade passar e conseguir o feito em 2015. Precisava mostrar para mim mesma que conseguiria e se conseguisse, ainda teria um bom material para terminar o livro.

escritoresqueninguemle300x231

Pois bem. Eu sabia que para isso acontecer, teria que me ausentar de muita coisa. Foi por isso que ficamos sem vídeos e sem postagens. Tudo por um bom motivo. Além disso, descobri também que me ausentar do facebook fez a minha produtividade disparar. Muitos amigos comentaram que estava sumida, mas valeu a pena. E com tudo isso, cheguei a conclusão que se eu quiser escrever livros e terminá-los, tenho que me manter longe dele. E vocês sabem, não perco muita coisa me ausentando mesmo. Sempre que entro no facebook parece que sou engolida para um universo paralelo e cinco minutos depois, nem me lembro mais o que iria fazer ali. #problems

O livro que escrevi no NaNoWriMo intitulado Cidade das Sombras  ou Maratona Do Terror 2 nasceu em 2010 e desde então nunca consegui terminar. Muitas coisas atrapalharam: faculdade, meus chefes, vida social, estágio, eventos, etc. E não terminá-lo sempre me deixou angustiada. Todo escritor tem uma história que se identifica e CD é a minha. Não quero falar muito para fazer  surpresa, mas o livro fala sobre uma das coisas que mais amo: BRUXAS ❤

gif de scooby

Cresci assistindo Abracadabra (já falei aqui que ele é um dos meus filmes favoritos), sou cria da Disney e se pudesse faria parte da Mistério S.A. Scooby Scooby Doo! E depois de cinco anos, consegui entender o porquê nunca consegui chegar ao fim.

abracad

Eu acreditava que Cidade das Sombras era uma história de fantasia, só que não é. Por mais que retratem bruxas e tenha MUITOS elementos fantásticos presentes (lendas, vampiros, Halloween, etc), o livro é mais puxado para o Sobrenatural/ terror/ mistério do que a fantasia em si. Acredito que essa confusão me deixou empacada por muuito tempo. Foi aí que decidi virar o jogo. Durante o NaNo tive a brilhante ideia de colocar um sonho em ação. Já tinham me pedido para fazer Maratona Do Terror virar série e foi assim que decidimos que Cidade Das Sombras vai fazer parte disso. Maratona Do Terror vai ser uma série de livros, mas nada de contos e sim romance. E os livros podem ser individuais ou com continuações ❤ Animados com a notícia? Eu estou pirando *–*

O grande segredo de ter vencido o NaNoWriMo foi o meu planejamento. Antes de escrever, fazia roteiros dos capítulos e isso salvou a minha vida. Eu tirava uma hora para escrever, principalmente a noite (sim, eu sou da turma da madrugada) e mandava ver. Colocava música no volume máximo e viajava. Outra descoberta brilhante foi constatar que é possível ter disciplina e escrever. Escritor sempre acredita que deve estar inspirado, mas com o NaNo, você descobre que escrever é 50 % inspiração e 50 % dedicação. Não é fácil, mas é possível!  Ter foco é realmente tudo!

Vocês devem estar se perguntando: “– Mas ela já tinha começado a escrever o livro cinco anos atrás! Não vale!”. Sim, é verdade, mas se aproveitei 20 % daquilo, foi muito. Passei esses cinco anos mais reescrevendo do que escrevendo. Eu sabia que para terminar precisava desapegar e deixar a história seguir o seu fluxo. Foi isso que aconteceu. Outro ponto positivo é que foi MUUUITO legal a união no grupo do NaNo WriMo Brasil. Foi a primeira vez que vi uma galera engajada e unida por uma missão. Todo mundo trocou ideia, ajudou e deu incentivo para o outro. Não tenho dúvidas de que isso fez a diferença. Não poderia deixar de agradecer a Sarah Marques, que super me incentivou com os Nano Sprints, a troca de ideias e a diversão garantida! A Giulia Santana que me citou em vários posts em seu blog maravilhoso (A Giu escreve muito bem gente. Sério, visitem o blog dela *–* ) e pelo inúmeros bate papos no twitter que me inspiraram e tornaram o NaNo mais leve. Saber que tem outro escritor surtando tanto quanto você dá um alívio danado ❤ Agradecimentos também a L. L. Alves, que super me incentivou a me entregar a história e me deu vários conselhos que foram responsáveis para ter conseguido.  Obrigada também a Barbara Herdy que entrou na dança e está sempre disponível para conselhos, desabafos e tudo mais. Obrigada por compreender essas loucuras de escritor. Você me entende! Agradecimentos especiais a Lívia Araújo que foi uma SUPER amiga me indicando séries, filmes, músicas e livros com a temática do meu livro que me inspiraram e não me deixaram ficar com bloqueio. Quem tem amigos tem tudo ❤ Obrigada por I Kissed a Vampire!!!! Da licença que minhas amigas são talentosas para caramba, viu? E agradecer ao meu namorado Djan que super compreendeu o fato de que eu precisava escrever, mesmo sendo sábado à noite! Obrigada por estar ao meu lado quando escrevia, compreender e me ajudar. Isso não seria possível sem você, amor ❤ Ufa, não estou louca e nem sozinha ❤ haha

jubs2

Foi assim que cheguei as cinquenta mil palavras. Quando vi o anúncio estampado na minha frente, não conseguia acreditar que tinha acontecido. Depois de tantos anos, tantas tentativas, tinha provado para mim mesma que era possível. Uma parte de mim ficou aliviada e outra emocionada. Superar desafios é uma coisa muito maravilhosa ❤

Infelizmente depois que atingi a meta, dei uma parada. Eu sei, isso é horrível e não era o que planejava. Maaas é que durante o NaNo, minha tendinite veio me visitar. E depois que consegui, precisei dar atenção a faculdade e ao meu trabalho (como vocês sabem, também sou revisora). Mas não pensem que desisti. Consegui um material muito bom e pretendo terminar o livro logo, quem sabe agora em Dezembro? Seria fantástico fechar o ano assim ❤

Vocês devem ter notado que o site está com visual novo *–* Eu achei que estava na hora de mudar. Depois que atingi a meta do NaNo, fiquei muito chateada com alguns problemas pessoais (inclusive um dos motivos para não ter continuado a escrever Cidade das Sombras), mas agora estou de volta e muito feliz em anunciar que muuuitas novidades estão chegando! E nada melhor do que um layout novo para celebrar o futuro que vem vindo aí! Como diria Nina Dobrev: “Apertem os cintos. Se vocês pensam que sabem o que vem por aí… Vocês não sabem de nada”. VEM COM TUDO FUTURO ❤

P.s: E se você leu até aqui, muito obrigada! Eu sei que o post está imenso, mas precisava relatar tudo que aconteceu comigo durante esse tempo ❤

Anúncios

Um comentário em “Eu venci o #NaNoWriMo 2015

  1. Não acredito que eu só vi isso agora, eu definitivamente sou um ser humano horrível. Mas, ah Ju, pela olhadinha que eu dei no site, você escreve muuuito. Quero saber mais sobre Maratona do Terror, até porque terror definitivamente é meu gênero preferido.
    Espero que a gente continue se comunicado e que venham muitos NaNos pela frente. Espero que você consiga completar suas metas agora para dezembro e mal vejo a hora de descobrir quais são as novidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s