Séries, SBT, Teorias

Seria Chapolin Colorado um viajante do tempo?

Criação de Roberto Bolaños, Chapolin Colorado é uma sátira aos super heróis americanos, o original foi exibido entre 1970 e 1979. Tonto e atrapalhado, o personagem tem dom para se meter em confusões que rendem muitas gargalhadas.

De todas as criações de Roberto, essa é sem dúvidas a minha favorita. Os episódios de Chapolin conseguem misturar comédia, ação, aventura, sobrenatural, romance e terror. O roteiro consegue se equilibrar bem, mantendo um ritmo ágil e por muitas vezes ingênuo. Quando se é criança esse é o tipo de coisa que dá frio na barriga.

E uma das coisas que sempre chamou a minha atenção era como o Chapolin conseguia prender bandidos, evitar tragédias e estar em lugares como o espaço (como no episódio aventuras em Marte), viajar em aerolitos ou estar no tempo dos piratas com o Alma Negra. Seria Chapolin um viajante do tempo? Em Aventuras em Marte, Chapolin surge do nada para ajudar dois astronautas e ninguém se apega a esse detalhe, que passa despercebido e nem é destacado na trama. Como assim ele surge no espaço do nada? Tudo bem que é um programa voltado para o público infantil, mas ao mesmo tempo é curioso e engraçado como não questionamos esses detalhes quando mais novos. Essa reflexão só surgiu quando fiquei mais velha.

Outro caso é o episódio A casa mal assombrada, nele essa possibilidade se torna mais evidente. Na história, parapsicólogos pedem ajuda para o super herói por conta do local estar sendo assombrado por fantasmas. No final, depois de muitos sustos e confusões, os profissionais revelam tudo se tratar de uma armação para “testar” o Chapolin que seria uma espécie de cobaia da pesquisa. Só que os profissionais são surpreendidos quando o próprio protagonista some do nada no final, deixando – os boquiabertos, revelando um senhor plot twist e deixando em aberto se seria um fantasma (e fazendo uma referência ao próprio ep). Que bug, Bolaños!

Apesar da constatação óbvia, isso é uma reflexão que requer atenção. Apesar do seriado não se levar muito a sério, ele ainda é crível. Assim como no Chaves, a série também não tem algumas perguntas respondidas. No Chaves por exemplo, não sabemos onde o personagem mora realmente e com quem ele vive, afinal mesmo sendo órfão, em vários episódios ele dá a entender que não mora sozinho e que seu lar seria no número 8. Mas sempre é interrompido antes de concluir o pensamento. Então isso seria uma verdade ou teoria? Acredito que a questão do Chapolin ser um viajante do tempo se encaixa nesse quesito. Por diversas vezes, ele não deixa claro qual o seu poder, mas destaca a importância da marreta biônica e suas anteninhas de vinil. E o personagem também já falou que o sobrenome de sua mãe é Lane, dando a entender que é filho da namorada de Clark Kent, o Super-Homem.

Ser viajante no tempo é uma questão que nunca foi respondida. Mas fica o questionamento: seria então esse o seu super poder? É isso que torna o Chapolin um super herói como os timelords em Doctor Who? Esses questionamentos nunca serão respondidos, mas acredito que essa seja a intenção de Bolaños. Deixar em aberto para que os espectadores tirem as suas próprias conclusões. É isso que torna o programa mais lúdico e memorável. Nem sempre precisamos de respostas para tudo, mas podemos construí-las a partir da nossa percepção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s