Uncategorized

A procura de um lugar mais doce

“Is there a place where I can hide away?
Red lips, french-kiss my worries all away
There must be a sweeter place
We can sugar-coat the taste
Sweeter place
There must be a sweeter”

(A Sweeter Place – Selena Gomez)

10801641_772526912840302_8642462140947446480_n

Todas às vezes que eu achava que finalmente estava conseguindo voltar a escrever, me conectar com esse mundo que eu tanto amo, acontecia alguma coisa. Um tcc, boletos, um trabalho, alguma coisa que me fazia desviar da minha rota. Por mais que me deixasse chateada, eu entendia. A vida é feita de fases e é normal você viver ela de todas as formas possíveis e ter que abrir mão de alguma coisa algumas vezes. Abrir mão dos livros para ter outras coisas. E tudo bem. Eu aceito muito bem o fato de não poder ter tudo ao mesmo tempo. Posso até querer tudo, mas a vida é feita de fases e você não tem como fugir disso. E tá tudo bem, mais uma vez.

Mas sempre vou me sentir incomodada que as pessoas não respeitem o meu trabalho, que achem que ele não signifique nada. Vou sempre me incomodar com  fato de que as pessoas não compreendam que a privacidade e o  recolhimento sejam características da minha carreira e não respeitem. Me impedindo de escrever, tirando de mim o tempo, o espaço, a minha escolha. Meu professor de escrita na faculdade uma vez nos disse uma coisa, que me marcou tanto que nunca vai sair da minha cabeça.

– Se vocês querem escrever, precisam entender que é uma carreira solitária. Uma vida solitária. Mas que vocês escolheram. 

E mais uma vez, tá tudo bem. Assim como a aeromoça que precisa ficar longe da sua casa, família e amigos por causa de trabalho. Eu preciso me abdicar de algumas coisas se eu quiser seguir a carreira que eu sempre sonhei. Mas cada vez que isso não acontece, que acabo desviando da rota, eu não escrevo e não escrever significa que eu me sinto  vazia. E é simplesmente um saco você sentir que nada reverbera dentro de você. Como se fosse oca, vazia, como se não tivesse nada ali dentro. E você se sente uma estranha dentro de si mesma, e se pergunta em qual momento você se perdeu?

Sigo em busca de mim mesma. Nem que seja a última coisa que eu faça. O cansaço pode  pelo menos render ótimas inspirações.

4-Amelie-quotes

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s