Shh!

Ah, o silêncio, essa coisinha gostosa que preenche o ar quando o barulho não está presente. Aprendi a amar o silêncio depois de crescidinha (quero dizer adulta). Durante muito tempo acreditava que o silêncio era ruim, que era sinônimo de tédio, desânimo. Eu achava que o silêncio preenchia o vazio. Ah, como eu era inocente. … Mais Shh!

Onde mora a resiliência

[Figurado] Habilidade de se adaptar com facilidade às intempéries, às alterações ou aos infortúnios [Física] Característica mecânica que define a resistência dos choques de materiais. [Física] Particularidade apresentada por certos corpos, quando estes voltam à sua forma original, depois de terem sofrido deformação elástica. (Dicionário online de Português) Eu sempre soube que mudar não seria fácil. Já tinha … Mais Onde mora a resiliência

Sobre jornada, destinação e se permitir mudar

Já faz muito tempo desde a primeira vez que tive a ideia de escrever sobre isso. Esse textão está rondando a minha cabeça há muito tempo, mas acho que precisava compreender muitas coisas antes de transformá-lo em palavras. Queria muito dizer que esse texto não é apenas “sobre mim”, por mais que tenha a minha … Mais Sobre jornada, destinação e se permitir mudar

Manifesto para ser jovem velha o quanto quiser

Faltam seis dias para o meu aniversário e sei que deveria ter dado as caras aqui antes. Minhas desculpas podem não ser suficientes, mas são verdadeiras. Caso você tenha caído aqui por acaso, saiba que além de Autora de Maratona Do Terror, Escritora, ser humano e  Administradora do Novos Escritores, sou universitária e trabalho com … Mais Manifesto para ser jovem velha o quanto quiser

Alô 2016

Sim, eu sei que ando sumida. Mas em minha defesa informo que esse final de ano foi bem intenso: retorno as aulas da faculdade – já que a greve de três meses no meio do ano ferrou tudo – Natal, ano novo, família, aniversário do Djan e vida real, porque a gente vive, né? Não me … Mais Alô 2016

Viva a Frota Estelar, a TARDIS e os homens de preto!

“O espaço, a fronteira final … estas são as viagens da nave estelar Enterprise, em sua missão de cinco anos, para explorar novos mundos, para pesquisar novas vidas, novas civilizações… Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve!” (Star Trek)   É quase impossível falar de Ficção Científica sem citar a pessoa que me apresentou, no … Mais Viva a Frota Estelar, a TARDIS e os homens de preto!