5 contos para ler no dia das bruxas · 5 contos para ler no dia das bruxas {Mês Especial do Halloween} · Amazon · Contos · H. P. Lovecraft · Halloween · Lauren Myracle · Mês Especial do Halloween · Mistério · Misticismo · Monique Lavra · Terror · [C. A. Saltoris] · [Stephen King]

5 contos para ler no dia das bruxas {Mês Especial do Halloween}

No Mês Especial de Halloween, não pode faltar contos de terror para ler na data mais mágica e assombrada do ano. Pensando nisso, fiz uma lista com 5 contos de terror que vocês precisam ler para entrar no clima dark. Tem literatura nacional, terror psicológico e muitos elementos sombrios. Partiu para o nosso top 5?

51b3syhEmfL._SY346_Sacrifício (Monique Lavra) – O conto de Monique Lavra é um terror psicológico que adquiri na Amazon e narra a história de Gabriel, um rapaz que busca abrigo em um pequeno hotel de beira de estrada em uma noite de tempestade. Ele é recebido muito bem, todos são muito gentis, até que o ponteiro do relógio marca meia – noite. A história é surpreendente, a trama é muito bem estruturada e apesar do gênero fantasioso, o conto passa a ideia de realidade muito forte. Adorei que o conto possui um hotel sinistro como cenário, como fã de Stephen King, essa construção ajudou a criar a atmosfera e clima necessário. Fiquei chocada com o rumo dos acontecimentos, o conto não é previsível e tem um final arrebatador. O conto é surreal e tem tudo a ver com o Halloween.

114200271SZ

1408 (Stephen King) – É claro que não poderia faltar Stephen King nessa lista, né? Eu costumo dizer para quem quer ler Stephen King ou quem não curtiu as histórias dele, para ler algum conto do autor. 1408 é um conto que faz parte do livro Tudo é eventual e enquanto no romance, Stephen é mais adepto de um desenrolar mais demorado, seus contos são mais climáticos e surreais. 1408 conta a história de Mike, um escritor de livros de terror que não teme o sobrenatural e decide se arriscar no quarto de um hotel que dizem ser assombrado e todas as pessoas que se hospedaram lá, morreram. O conto é incrível, muito bem escrito e é perfeita a forma como Stephen King criou a atmosfera que contribui muito para o grande finale. É uma verdadeira montanha russa de emoções que vai deixar a sua noite de Halloween super eletrizante.

hplovecraftA cor que caiu do espaço (H. P. Lovecraft) – A cor que caiu do espaço foi o meu primeiro contato com Lovecraft e é um dos contos mais incríveis que já li em toda a minha vida. Nesse conto, vamos nos deparar com a história de um vilarejo a oeste de Arkham no qual um meteoro acaba caindo e destruindo a flora e a fauna do local levando os moradores ~ literalmente ~ a loucura. Lovecraft constrói a atmosfera de uma forma incrível e acredito que essa deve ser uma das suas maiores qualidades. Ele dá uma verdadeira aula de construção e clima de atmosfera no cenário. O conto é um horror cósmico e fiquei completamente envolvida com a leitura. E apesar de ter lido de dia, isso não me impediu nenhum pouco de sentir medo e ficar agoniada. Para quem busca um clima dark e muita ficção científica, o conto é um ótimo pedido.

AS_CORES_DO_ALEM__1431367385449693SK1431367385B

As cores do além (C. A. Saltoris) – C. A. Saltoris é uma das minhas autoras favoritas e tem o dom de escrever histórias macabras que mexem bastante com o nosso psicológico. As cores do além conta a história de Joshua Morris, um jovem cineasta com um futuro promissor e muita imaginação. No dia 31 de outubro, ele decide pernoitar na locação do seu próximo filme: um parque de diversões abandonado. Ao acordar, ele é surpreendido pela morte… e suas cores. A criação de elementos no conto é fantástico. A forma como Saltoris coloca ficção com realidade e cria metáforas através disso é feita com muita riqueza. Ainda por cima, a história se passa no dia das bruxas. Quer coisa melhor? Eletrizante e macabro, vocês não vão se decepcionar. É um conto perfeito para ler no dia das bruxas.

download

O buquê (Lauren Miracle) – O conto faz parte do livro Formaturas Infernais com diversos autores e é uma adaptação e inspirado no conto A pata do macaco de W. W. Jacobs. O conto conta a história de Frankie, uma adolescente que as vésperas do baile de primavera da escola, quer descobrir se o seu amor pelo melhor amigo Will é recíproco. Ela decide consultar a Madame Zanzibar e encontra um buquê com flores murchas e é avisada que pode pedir 3 desejos. Mas precisa ter muito cuidado com eles. A garota faz o pedido e a forma como a história se desenrola é surreal. O conto é eletrizante, muito bem construído e tem um plot twist incrível. Acho que é um dos contos mais uou que já li em toda a minha vida. É uma super pedida no Halloween e aposto que vai tirar o sono de vocês no dia das bruxas.

E vocês, tem algum conto de terror para me indicar? Quais contos que não podem faltar no Halloween? Me contem nos comentários que quero descobrir!

Um feriadão trevoso!

Mil beijos,

Ju

Anúncios
Resenhas · [ Abracadabra] · [1408] · [Curtindo a vida adoidado] · [Disney] · [E se fosse verdade] · [Filmes] · [O fabuloso destino de Amélie Poulain] · [Os melhores filmes do mundo - Pelo menos na minha opinião!!] · [Stephen King] · [The Cure]

Os melhores filmes do mundo – Pelo menos na minha opinião!

Junto com o novo ano, chegaram várias novidades. A primeira delas é que agora somos julianaskwara.com. Pode gritar e pular de alegria *–* A mudança já estava para acontecer faz um tempinho, mas só agora consegui atualizar as coisas. Em breve, o site vai ficar de cara nova e enquanto as mudanças vão surgindo, preparei um post que estava ~ louca ~ para escrever.

Além de ser uma série maníaca e bookaholic confessa, sou apaixonada por filmes. Não me importo de passar horas do meu dia assistindo. Gosto de investigar e descobrir filmes. Os meus preferidos são os de fantasia, aventura, comédia romântica e filmes independentes, aqueles bem trash sabe? Pois é, eu adoro! Também amo os filmes que passam uma mensagem de superação e com final feliz. Eles são a cereja do bolo!  Pensando nisso, resolvi fazer um top dos meus filmes favoritos de todos os tempos, claro que na minha opinião.

Você pode concordar ou não, mas a verdade é que sou apaixonada por eles. Não é preciso ter um big roteiro, ser ganhador de Oscar ou ter efeitos especiais. O importante é que o filme toque uma parte da minha alma e o resto, os personagens se encarregam.

Curtindo a vida adoidado: A primeira vez que assisti esse filme era pirralha e veja bem, eu sempre sonhei em ser uma adolescente americana dos anos 80. É claro que isso não aconteceu, mas Curtindo a vida adoidado representa uma parte da minha infância e adolescência e possui os diálogos mais hilários de todos os tempos. Aposto que você já quis ter um dia de Ferris Bueller. Não adianta meus caros, John Hughes foi um gênio que soube traduzir a adolescência de forma ímpar em forma de filme. Os conflitos mesmo que em situações meio pastelonas são reais. Afinal, eu também tenho uma irmã chatinha e meio dedo – duro sabe. Ferris, você não está sozinho! Clara, não leia isso!

O fabuloso destino de Amélie Poulain: O filme com Audrey Tautou é doce do início ao fim. Apesar de superestimado e considerado cult por alguns, eu adoro a história. A irreverência e inocência de Amélie junto com as canções francesas me fazem acreditar que um dia irei para Paris. O fabuloso destino de Amélie Poulain é um filme sobre amor e esperança. Lindo de viver e prato cheio para se emocionar. Só de pensar meus olhinhos brilham *–*

 Abracadabra: Podem achar infantil, mas amo Abracadabra com todas as minhas forças! Tudo nele é fantástico! Apesar de ser indicado para um público infantojuvenil e ser produzido pela Disney – o que o torna mais suspeito ainda –  Abracadabra é um filme para todas as idades. A história das irmãs Sanderson é contada de um jeito sombrio e bem fofo. Não é uma trama pesada. Ao mesmo tempo em que é rico em mitologia, apesar da Bruxaria nem ser tão abordada quanto deveria. E eu que sou apaixonada por Bruxas desde que aprendi a falar, me apaixonei à primeira vista. Portanto, vou ter noventa anos, continuar assistindo Abracadabra e cantando “I put a spell on you and now you’re mine…”

E se fosse verdade: Eu sou tão apaixonada por esse filme que até já fiz um post aqui só pra ele. Apesar de curtir tramas mais sombrias, sou romântica e não dispenso uma comédia romântica. E se fosse verdade é encantador por muitos motivos. É um filme que aborda assuntos como amor, fé e morte e de forma suave e tão bonita que é impossível não se envolver e suspirar. E ainda por cima tem The Cure, uma das minhas bandas favoritas na trilha sonora! É claro que o filme se tornou um dos meus queridinhos!

 1408: O filme baseado em um dos contos de Stephen King – um dos meus escritores favoritos – é impressionante! Ele caiu nas minhas graças, porque rolou uma identificação muito forte com a trama. Não, eu não vejo fantasmas e nem carrego traumas, mas pretendo ser uma Escritora de Terror. Então quando terminei de assistir o filme, a sensação que tinha é que eu e Mike Enslin éramos um só. Escrever está bem longe de ser uma tarefa fácil – apesar de algumas pessoas acreditarem no contrário – mas isso não diminui o prazer. Ser escritor não é fácil. É uma profissão solitária, desgastante, porém muito prazerosa. E quando vi Mike, um Autor que não mede esforços para escrever o seu livro e buscar literalmente a inspiração – tanto no filme quanto no livro, o Autor tem o costume de se hospedar em Hotéis considerados “assombrados” para encontrar o que assusta os hóspedes – eu pirei. O filme aborda muito bem o cotidiano de um Escritor tendo que lidar com o processo de criação, o ostracismo, o medo do fracasso e o auge da inspiração. Delírio ou a verdade? Para descobrir se tudo era ilusão ou não de Mike, assista o filme. E nem precisa ficar com medo. As cenas não são tão fortes. Fora que tem no elenco John Cusack e Samuel L. Jackson, dois bons motivos para assistir o filme!

Espero que tenham curtindo o post ❤ Tem algum filme que você adore na minha lista? Não deixa de me contar! Pretendo em breve voltar com posts sobre músicas, séries e livros. Falar sobre o que a gente gosta nunca é demais 🙂