Dia das Bruxas · Halloween · Infantojuvenil · Lobisomens · O Clube do Terror · Sobrenatural · Terror Psicológico · The Nightmare Room · [ The Haunting Hour] · [A hora do Arrepio] · [Anos 90] · [Direto do túnel do tempo: O mundo de Goosebumps] · [Editora Rocco] · [Fantasmas à solta] · [Goosebumps] · [Halloween em noite de lua cheia] · [Leitores] · [Literatura] · [Livros] · [O Espantalho anda à meia - noite] · [R. L. Stine] · [Resenha] · [Séries] · [Terror] · [The Haunting Hour] · [Vampiros fantasmas e Bruxas]

Halloween em noite de lua cheia (A hora do Arrepio) – R. L. Stine

 Tristan acha seu novo professor, Sr. Delua, muito estranho.E está prestes a descobrir o quanto estranho ele é ao ser convidado a participar da sua festa de Haloween… onde todas as portas e janelas são trancadas com barras de ferro… E uivos de lobisomem ecoam por toda a casa!

Olá, sentiram a minha falta? Depois de um longo tempo longe por um turbilhão de motivos, estou aqui de volta com o primeiro post do ano *–* Desejo todos a vocês um BIG 2017 recheado de paz, saúde, amor, felicidades e luz. E como não poderia deixar de ser, mesmo enrolada com TCC e diversas outras coisas, trouxe um post sobre um livro super gostosinho de ler. E se preparem, porque vão ter mais posts durante a semana! Estou na reta final do meu tcc, mas decidi – para me distrair – aparecer por aqui e atualizar com os livros que já li e séries que venho assistindo. Vocês vão adorar as novidades que vamos ter esse ano *O*

A hora do Arrepio (The Nightmare Room) é uma série de livros do escritor R. L. Stine, que muitos de vocês devem conhecer. Stine é autor de Goosebumps, Rua do Medo, The Haunting Hour e Fantasmas à solta. Suas histórias também inspiraram a criação da série Clube do Terror (Midnight Society) que ficou muito famosa nos anos 90 e passava a tarde na TV Record. O autor tornou-se famoso, pois seus livros venderam mais de 300 milhões ao redor do mundo e por conta disso, entrou no guinness book. Antes de Harry Potter fazer história, R. L. Stine fez um marco na literatura.

 Suas séries faziam tanto sucesso que foram adaptadas para a TV e recentemente para o cinema. A série de A Hora do Arrepio passava nas tardes do SBT e contou apenas com 13 episódios. A série de livros teve 15 livros publicados, 11 desses sendo publicados pela Editora Rocco no Brasil. Halloween em noite de lua cheia é um dos meus favoritos da série e possui um episódio que vocês podem assistir no youtube (está no final do post). Grande parte dos livros da série foram adaptados para a tv e com isso, tiveram que mudar algumas coisas – o que é super comum nas adaptações -, mas a essência das histórias ainda são as mesmas.

 Se você nunca leu ou assistiu alguma coisa do universo do R. L. Stine, primeiro tem que entender que o R. L. Stine trabalha com terror psicológico e que escreve para o público infantojuvenil. Ele também têm livros de terror para adultos, mas seu público alvo maior são os teens. E essa é uma das características mais ricas de suas histórias. Nelas, vão encontrar escolas, famílias, crianças, casais de namorados, jogadores de basquete se envolvendo em várias aventuras com monstros, zumbis com muito terror. E claro, sem deixar a diversão de lado!

E em Halloween em noite de lua cheia não poderia ser diferente. Nessa história, temos uma turma de amigos: Rosa, Tristan, Ray e Bella que são convidados pelo misterioso professor Sr. Delua para a festa de Halloween na casa dele. O problema é que o professor é novo na escola e já parece ter uma implicância com esses alunos. Eles ficam mais ressabiados ainda ao descobrirem que os outros alunos da escola não foram convidados. Até o filho do Sr. Delua, Michael tenta convencê-los a não irem. Para completar, o lugar onde moram está sendo alvo de ataques de algum tipo de animal que vem assassinando os bichinhos de estimações da vizinhança. Mas os amigos resolvem não dar corda e acabam embarcando em uma noite misteriosa e cheia de reviravoltas.

O que notei – tanto na história quanto no episódio – é que as partes pesadas da história permaneceu, o que contribuiu para o clima soturno do livro. Mesmo escrevendo para o público infatojuvenil, Stine deixa o teor mais sombrio em suas histórias – sua marca registrada. Halloween assim como grande parte dos seus livros, possui um final intrigante e muito criativo. A leitura é leve, fluída e muito envolvente. É um livro em que é possível ler de uma vez só. Outro detalhe sobre a série é que foi muito influenciada por Twilight Zone com sobrenatural/ terror e ficção científica como tema. Mas isso aí é assunto pra outro post. 

Para a galera que curte terror psicológico com  uma linha mais leve para o público infantojuvenil, as histórias de R. L. Stine sempre serão uma ótima pedida. Assistam o episódio baseado no livro e não esqueçam de me contar o que acharam ❤

A Fear Street Novel · Globo Alt · Jogos Macabros · Lançamento · Rua do Medo · [Editora Rocco] · [Livros] · [Party Games] · [R. L. Stine] · [Terror]

Jogos Macabros, lançamento do livro do R. L. Stine pela Globo Alt

Eu nem acredito que estou postando isso, mas a Rua do Medo do R. L. Stine está finalmente de volta! Quem me acompanha sabe que sou super fã dele, já fiz vários posts a respeito por aqui e é claro que já garanti o meu exemplar.

O livro já está em pré – venda e disponíveis em várias livrarias virtuais. Para quem não sabe, Jogos Macabros é a tradução de Party Games, livro que foi publicado em 2014 e marca o retorno a famosa Rua do Medo. A série ficou famosa nos anos 90 pela Editora Rocco e agora está sendo publicada pela Globo Alt. Na fanpage da Editora é possível ler o primeiro capítulo. Eu estou DOIDA para ler esse livro há muuuito tempo. Só não li antes, porque não queria ler em eBook. Aproveita que o livro combina com o Halloween que já está se aproximando. É uma super pedida ❤

 

Confira a sinopse e os quotes da história:

Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt. Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele. Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos. Repleto de reviravoltas, “Jogos macabros” mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo. ‘

“Quer um conselho? Não chegue perto da família Fear”

 

“A maioria das pessoas interpreta isso como um aviso”

 

“A floresta é linda, perfumada e tranquila. Mas poucos residentes de Shadyside fariam uma caminhada ou um piquenique por ali.”

Continue lendo “Jogos Macabros, lançamento do livro do R. L. Stine pela Globo Alt”

Adam Lambert · Halloween · Laverne Cox · Musicais · Remake · Ryan McCartan · Sobrenatural · The Rocky Horror Picture Show · Victoria Justice · [Comédia] · [Filmes] · [Terror]

Remake de The Rocky Horror Picture Show (2016) estreia em Outubro

Depois de 40 anos da exibição do clássico The Rocky Horror Picture Show, o remake do filme vai estrear em Outubro no clima de Halloween na TV Americana com Laverne Cox como Dr. Frank N Furte, papel que foi de Tim Curry no original.
O filme conta a história do ingênuo casal formado por Brad (Ryan McCartan, o Diggie de Liv e Maddie <3) e Janet (Victoria Justice *–*) que estão viajando de carro, mas no meio do caminho, o veículo quebra e eles vão parar no castelo do Dr. Frank N Furter. Ele é um cientista maluco, “sexualmente ambíguo” que quer criar Rocky Horror, um homem que possa satisfazer seus desejos sexuais.
O telefilme de Kenny Ortega (que também produziu o primeiro) é baseado no musical de Richard O’Brien. O programa terá duas horas de duração e também tem no elenco: Adam Lambert, Annaleigh Ashford, Reeve Carney e Christina Milian.
Eu já assisti o original e curti muito, mas acho que vou curtir ainda mais o romake. Se quiserem, posso fazer um post a respeito dele por aqui *—*
Confira os trailers do filme para a TV. Eu já estou ansiosa ❤

 

Comédia Sobrenatural · Minha babá é uma vampira · My Babysitter's a Vampire · Sobrenatural · Vampiros · [Comédia] · [Disney] · [Filmes] · [Terror]

Minha babá é uma vampira (My Babysitter’s a Vampire – O Filme)

 

Os pais do adolescente Ethan Morgan resolvem contratar uma babá para cuidar do menino e sua irmã mais nova Jane. A escolhida é Erica, uma menina que decide deixar o serviço para ir em uma festa. Sarah assume o lugar da garota, mas Ethan começa a desconfiar que ela é uma vampira. Ao lado do melhor amigo, ele vai viver uma aventura muito perigosa.

Minha babá é uma vampira (My Babysitter’s a Vampire) é um filme da Disney , produzido no Canadá que virou série após o seu estrondoso sucesso e arrebatar muitos fãs. O filme conta a história de Ethan Morgan, um adolescente que após se envolver em muitas encrencas ao lado do seu melhor amigo, Benny e não cuidar da sua irmãzinha Jane é obrigado pelos pais a ter uma babá. Se o mico não fosse suficiente, a babá em questão é Erica, sua colega de escola. Ethan é o típico geek, aficionado por games e ficção científica, o que traz um tom mais cômico para o enredo.

Enquanto isso, Erica anda chateada com a sua melhor amiga Sarah. Nos últimos tempos, as duas andam afastadas desde que a primeira começou a namorar Jesse, o cara mais gato da turma do teatro e pra lá de sombrio. Chateada com a amiga que anda com um comportamento estranho e pouco se importando com a estreia do filme de vampiros Penumbra –  que as duas são fãs – Erica decide ir a uma festa com a turma de Jesse e deixa a amiga e o emprego de lado.  Sarah que fica estranha sempre que Jesse, seu ex – namorado está por perto, tenta impedir a amiga de ir, mas ela ignora. Sarah então vai no lugar da amiga para o trabalho de babá.

Ao se deparar com a chegada da babá, Ethan e Benny notam que Sarah se comporta de um jeito estranho. Ela não tem reflexo no espelho e é super misteriosa.  Eles não esperavam que Sarah fosse uma vampira e que ela tivesse sido mordida por  Jesse. A partir daí, os dois se envolvem em muita confusão e vão tentar de tudo para salvar Sarah e seus amigos, Erica e Rory.  Acontece que Jesse é o líder da gangue do mal dos vampiros, quer roubar as almas dos habitantes de Whitechapel  para prender em um cubili animus e trazer os antigos vampiros para acabar com a paz do lugar. E ele pretende fazer isso na estreia de Penumbra 3, justamente no dia em que o cinema vai estar lotado de jovens.

 

Os vampiros de My Babysitter’s a Vampire conseguem andar no sol, mas precisam usar óculos escuros e no caso de Sarah, que é uma novata, tem 28 dias para se alimentar de sangue humano ou o seu corpo morre de verdade para sempre. Daí a pressa para acabar com os vampiros, rola um clima entre Ethan e Sarah que fazem um casal bem fofinho.

Para completar, Ethan descobre que é um vidente e Benny um bruxo, descendente de uma linha de feiticeiros que está prometido para uma coisa grandiosa. Dispostos a salvar a cidade e não deixar Jesse seguir com o seu plano doentio, Ethan e seus amigos se metem em uma luta contra vampiros muito perigosa, com direito a sabres de luz a lá Star Wars (só quem viu o filme vai entender haha).

Minha babá é uma vampira é mais um filme da safra de modinha de vampiros de 2010. É um filme de terror e sobrenatural para o público infantojuvenil, mas não deixa de ser uma comédia indicada para todas as idades. As confusões entre Ethan, Benny e Rory são hilárias. Eles são super nerds e muito atrapalhados! A história tem um pé no trash por conta dos efeitos especiais (estamos falando da Disney né?), mas de um jeito legal e não apelativo. O filme faz várias referências a Crepúsculo e várias outras obras que seguem a linha sobrenatural- vampiro, já que Penumbra 3 é uma sátira a saga. (A história de Penumbra 3 gira em torno de uma garota comum que se apaixona por um vampiro).

Depois do sucesso, o filme virou série e conta com duas temporadas. Mas isso é um assunto para outro post.  Se você curte um filme no maior estilo teen, meio Goosebumps, meio High School musical nerd sombrioterror Disney e “aquele clima de tudo pode acontecer”, Minha babá é uma vampira é o título certo. Corre que o filme e a série estão disponíveis no Netflix (e corre mesmo, porque vire e mexe, eles tiram do ar haha).

campos de Wolfsberge · Festival Wolfsberge Moonlight Mania · Hit me baby one more time · Lobisomens · Nickelodeon · Sobrenatural · The Boy Who Cried Werewolf · Vampiros · Victoria Justice · [Britney Spears] · [Comédia] · [Filmes] · [Netflix] · [Supernatural] · [Terror]

Castelo do Medo

Em Castelo do Medo, depois de passar por alguns problemas financeiros, a família Sands descobre que herdou um antigo castelo na Romênia. Sem melhores opções, David e seus filhos, Hunter e Jordan, se mudam para a misteriosa cidade de Wolfsberge. Isto é extremamente excitante para o filho mais novo que é obcecado por monstros. E ele não irá se desapontar. A partir daí algumas coisas começam a se transformar na família, principalmente com sua filha mais velha, Jordan Sands.

 

Estrelado por Victoria Justice e produzido pela Nickelodeon, Castelo do Medo (The Boy Who Cried Werewolf  no título original) conta a história da família Sands que é liderada pelo pai, David e passa por problemas financeiros. Ele tem dois filhos: Hunter e Jordan. O primeiro é o mais novo e viciado em terror, ocultismo e seres sobrenaturais, enquanto Jordan é a típica filha certinha, nerd, vegetariana e tem uma queda pelo cara mais popular da escola. Clichê, eu sei. Desde a morte da mãe, Jordan vem ajudando o pai com os afazeres domésticos e cuidando do irmão. Só que além dos problemas financeiros, David enfrenta outra adversidade. Por conta do comportamento de Hunter que anda sem limites  e fazendo várias pegadinhas na escola, ele vem tendo dor de cabeça para impor regras ao filho. Hunter não se conformou com a morte da mãe e nem aceita que seu pai siga em frente. Porém tudo muda quando um homem misterioso deixa um envelope na frente da casa da família e muda suas vidas.

Acontece que a mãe das crianças recebeu uma herança que por consequência é deles. A família Sands descobre que herdaram um antigo castelo na Romênia, na misteriosa cidade de Wolfsberge e partem para o lugar dispostos a descobrir mais sobre suas raízes. O castelo pertencia ao Tio avô Dragomir, que faleceu em um acidente. Desde a sua morte, o local é cuidado pela Madame Varcolac que era braço direito dele.

Não é porque não acredita que não é verdade

Lançado em 2010 – (o filme faz parte de uma série de séries e filmes que surgiram no boom do sobrenatural no ano de 2010. Esse ano rendeu uma safra muito boa. Vamos falar disso em outro post.) – o filme tem uma pegada sombria, dark e é repleto de mistérios e enigmas. O visual da história é lindo, as produções da Nick nunca decepcionam. P.s: Eles são um dos meus canais favoritos. 

Assim que chegam ao lugar, Hunter e Jordan percebem que tem algo errado naquele castelo. Hunter descobre que chegaram na época do Festival Wolfsberge Moonlight Mania, época em que a fera de Wolfsberge aparece para os espectadores em uma noite de lua cheia. O garoto se amarra na ideia e se envolve em várias confusões ao lado da irmã que também não fica atrás, já que está entediada longe das amigas e da sua rotina. Para completar, a governanta é sinistra, eles escutam uivos o tempo todo e o castelo parece esconder muitos segredos.

A força do bando está no lobo e a força do lobo está no bando

O que a família Sands não sabia é que algumas pessoas estavam de olho no lugar. Como a imobiliária Paulina que demonstra interesse em David, o que Hunter não curte nem um pouco. A família fica dividida entre retornar para a cidade de origem ou permanecer na Romênia. No decorrer do filme, Hunter e Jordan descobrem que sua família têm muitos segredos, que o sobrenatural existe e que precisam lutar pelos campos de Wolfsberge, se quiserem que a luta do seu Tio Dragomir não tenha sido em vão. Eles compreendem que a fera de Wolfsberge não é apenas folclore local e uma guerra entre vampiros e lobisomens se inicia.

Apesar da temática sombria, a história também é muito divertida com direito a momentos engraçados, principalmente com os irmãos que se envolvem em muitas  aventuras. A Madame Varcolac  também rende momentos super divertidos na trama. A personagem dela é incrível! Eu não conseguia parar de rir quando descobri que o toque de celular dela era Hit me baby one more time da Britney Spears. Adoro músicas pops em filmes sobrenaturais haha  Aliás, Castelo do Medo é cheio de referências a cultura pop!

Castelo do Medo é um filme para todas as idades e muito leve. Se estiver interesse em assistir, corre que o filme ainda está disponível no Netflix.  O filme é perfeito para aqueles momentos sessão da tarde que você está afim de assistir um filme para se divertir. Coloca a pipoca no microondas e se joga.

 

Curiosidades sobre o filme:

– O nome da Madame Varcolac tem como origem a palavra romena “vârcolac”, que significa lobisomem.

– Enquanto pesquisava sobre o filme para esse post, descobri que a atriz que interpreta a Madame Varcolac é a Brooke Shields. A Brooke!!! A eterna mocinha de lagoa azul!!! Fiquei chocada. Ela atuou tão bem e está tão bem caracterizada que nem reconheci. Chocadaney!!!

– A Victoria Justice gravou a música Not Somebody Else que faz parte especialmente da trilha sonora do filme. Para ouvir, clique aqui.

– No final do filme tem um extra super engraçado que vão adorar. Assiste o filme até o fim, não dá pause e nem tira antes de dar umas boas gargalhadas com a “surpresinha”.

bruxas · Halloween · Maratona do Terror · [ Abracadabra] · [A hora do Arrepio] · [Clube do Terror] · [Diário de uma Escritora Outsider] · [Diário de uma Escritora Outsider]: #Dia2 Ritual para escrever terror · [Goosebumps] · [Juliana Skwara] · [Terror]

[Diário de uma Escritora Outsider]: #Dia2 Ritual para escrever terror

Eu prometi vários posts para semana passada e falhei miseravelmente. Vocês já devem estar cansados das minhas promessas, né? Mas por favor, não desistam de mim!

Caso vocês não saibam, sou aluna de Letras da UFRJ e isso quer dizer que fiquei quase quatro meses parada por causa da greve e o período equivalente ao 2015. 2 começou em Novembro. Então, enquanto todo mundo está curtindo as férias, estou me dividindo entre leituras – trabalhos – seminários – provas da faculdade, trabalhos da vida real, vida social e livros que escrevo. Acaba que sem querer o site fica por último. Juro que estou tentando mudar isso.

Essa semana é a primeira que fiquei sem nenhuma pendência da faculdade – a princípio, porque comecei a ler os livros para a minha monografia – e a primeira coisa que pensei é que finalmente vou poder me dedicar a Maratona Do Terror 2 ou aquele livro de bruxas que não paro de falar por aqui. Pausa para dizer que eu sou completamente enlouquecidamente apaixonada por bruxas. É uma relação surreal, quase sobrenatural que não consigo explicar. Desde pequena sou fascinada por esse mundo, assisto Abracadabra – que é um dos meus filmes favoritos da vida – desde que me entendo por gente, assistia A hora do Arrepio, Goosebumps e Clube do Terror nas minhas tardes em casa ou nos sábados. Lembro também que sofria muito, porque aqui no Brasil não se comemora o Halloween. A lembrança mais antiga que tenho é de receber a Revista da Barbie (sim, eu fui assinante) que era um especial de Halloween do dia do das Bruxas e surtei. Fiquei tão pirada que tenho até hoje o que restou do exemplar, porque cortei a revista toda e colei no caderno que escrevo Maratona Do Terror 2. Eu sou aquela louca por Bruxas e Halloween.

 

Como me descobri com tempo livre, resolvi voltar a escrever Maratona Do Terror 2. A história desse livro começa no #NaNoWriMo 2015 quando decidi atingir 50 mil palavras. E eu consegui! Só que quando cheguei na meta, decidi descansar um pouco e aconteceu o inevitável. Me distanciei da história, não terminei de escrever e não cumpri a minha meta. Fiquei bastante chateada, mas isso não dependia só de mim. Afinal, tinha que trabalhar e fazer trabalhos para a faculdade. Conciliar é algo muito difícil para uma pessoa desfocada como eu.

E é claro que o meu ritual para escrever não seria uma coisa fácil. Eu moro com um monte de gente, barulho e distração fazem parte da minha realidade. Logo, só encontro silêncio de madrugada e isso se torna uma coisa muito complicada quando se tem que acordar sete horas da manhã ou até antes para ir a faculdade. Voltando ao assunto, como fiquei muito tempo longe da história e mesmo com o esqueleto pronto, precisava entrar na vibe do livro. E isso inclui assistir filmes e séries temáticos, escrever ouvindo música e pesquisar em mais de cinco abas tudo sobre bruxas, halloween e etc. Não, isso não é uma desculpa. Isso é uma realidade quando se é uma Autora de terror.

 

Sim, isso dá um trabalho do caramba. Só que é essa parte de desafio, de descobrir mais e mais coisas que vão me inspirar e agregar coisas ao meu conhecimento que gosto mais, que me dá mais vontade de escrever. Eu sempre descubro alguma coisa diferente, algum dado importante ou encontro um livro que vai me ajudar. É uma longa lista de referências que me ajudaram muito a chegar no ponto em que estou e pretendo em fazer um post só sobre isso.

Playlist selecionada, som bem alto para nada me atrapalhar, várias abas abertas e caderno do Maratona Do Terror no lado, chegou a hora de voltar para Amy e companhia. Senti muita falta deles. Vocês vão ainda ouvir muito sobre eles ❤

E não, para me inspirar a escrever, não preciso me conectar a fantasmas, nem nada do tipo. Minha mente já viaja normalmente lol.

Contos · Fantasia · Ficção Científica · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Pré - Venda + 5 motivos para ler Maratona do Terror · Promoção Especial Sexta - Feira 13: Maratona Do Terror · romance policial · Sobrenatural · [Juliana Skwara] · [Leitores] · [Literatura] · [Livros] · [Sexta - Feira 13 : Como deixar o seu dia mais arrepiante] · [Sexta - Feira 13] · [Terror]

Promoção Especial Sexta – Feira 13: Maratona Do Terror

Olá Perdidos, tudo bem? Sei que ando sumidinha, mas com a volta das aulas da faculdade, trabalho e #NaNoWriMo (outro dia falarei sobre isso), fui engolida pelo furacão, mas voltei com muuuitas novidades legais!

A primeira delas é que vem aí a Sexta – Feira 13 e em comemoração, Maratona Do Terror: Perdidos – Contos de Arrepio vai estar em promoção por apenas R$ 25, 00 com frete incluso, vai autografado e ainda por cima, ganha marcador personalizado da caveirinha. A promoção vai rolar até a meia – noite do dia 13/ 11/ 2015 e aproveita para garantir o seu, porque são os últimos exemplares! Para comprar o seu, clique aqui.

E até o fim da semana, vou divulgar uma novidade de derrubar os forninhos, espero que curtam MUITO, pois estou muito animada ❤

Queria aproveitar e pedir para quem adquiriu o livro, me enviar uma foto com ele, pois vou abrir um álbum só com as fotos dos leitores e em breve, pretendo gravar o vídeo sobre o #NaNoWrimo ~ campeonato de escrita ~ explicando como está sendo a minha experiência e outro com leitura dramatizada de trechos de Maratona Do Terror. E aí, o que acham? Não precisam ficar preocupados, pois em breve volto. Aproveite e adicione Maratona Do Terror no Skoob e me faça feliz >.<

 

Canal no youtube: Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror · Especial Halloween · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Mês Especial do Halloween · Mês Especial do Halloween: Semana Maratona Do Terror = Conto A Taverna · Perdidos · Programação Especial do Halloween · Promoção Mês do Horror · Promoção Mês do Horror + Programação Especial do Halloween · Tudo sobre o meu livro Maratona do Terror Perdidos Contos de Arrepio · [Juliana Skwara] · [Surpresas] · [Terror] · [Youtube]

Canal no youtube: Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror

Ontem não teve post, mas foi por um bom motivo. Terminei de editar e postei o meu primeiro vídeo. Yaaaaaay *–*  Finalmente está no ar o vídeo que prometi de Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror com curiosidades sobre o livro, minhas referências e homenagens e as novidades que vão vir ❤  Espero que curtam o vídeo. Se curtirem, não se esqueçam de se inscrever no canal, dar like, comentar e compartilhar com os amigos. Espero que esse seja o primeiro Halloween de muitos 🎃👻 Vamos divulgar a cultura gótica ❤  Tenham um feliz dia das bruxas! #‎HAPPYHALLOWEEN‬

Como comentei anteriormente, não é a minha intenção ser booktuber. Já tem uma galera muito legal fazendo vídeos disso, mas quero muito fazer vídeos sobre a cultura gótica, sobre filmes, livros, séries e curiosidades. Vamos divulgar a cultura gótica por aí *–*

Contos · Contos de Arrepio · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Mês Especial do Halloween · Mês Especial do Halloween: Semana Maratona Do Terror = Conto A Taverna · Perdidos · Programação Especial do Halloween · Promoção Mês do Horror · Promoção Mês do Horror + Programação Especial do Halloween · Tudo sobre o meu livro Maratona do Terror Perdidos Contos de Arrepio · [Edgar Allan Poe] · [Juliana Skwara] · [Leitores] · [Literatura] · [Livros] · [Terror]

Mês Especial do Halloween: Semana Maratona Do Terror = Conto A Taverna

Continuando a semana Maratona Do Terror, trago um conto muito especial que foi escrito depois de uma aula na Faculdade sobre Edgar Allan Poe. Fiquei tão encantada com a temática gótica de seus contos, que decidi escrever a respeito disso.  E foi assim que nasceu o conto A Taverna e sim, o nome do personagem é uma homenagem a esse Escritor que tanto admiro ❤

 

Ainda não conhece meu livro Maratona Do Terror: Perdidos – Contos de Arrepio? Não seja por isso. Segue a sinopse e perfil no Skoob. Boa leitura :p

“Esse livro é uma maratona de contos assustadores.

Ele começa com a história de Lily, uma Estudante apaixonada por filmes de terror que faz de tudo para assistir à pré-estreia de um filme ao lado dos seus amigos em uma “Sexta-Feira 13”, conto inicial, e termina com a “A casa nº 7”, uma casa mal assombrada em que um casal tem o azar de se abrigar.

Para viver essas e outras histórias aterrorizantes, não deixe de ler “Maratona do Terror: Perdidos – Contos de Arrepio”!

Obs: Não leia à noite!”

Adicione no Skoob, curta a minha fanpage de Autora e a fanpage do fã – clube do livro.

Não se esqueça que está rolando um sorteio com Maratona Do Terror. Convide os amigos, namoradx e a família para ter mais chances de ganhar! Participe clicando nesse link. Também está rolando uma promoção de Halloween, Maratona Do Terror está saindo por apenas R$ 25, 00 com o frete incluso, o livro vai autografado e com o marcador personalizado da caveirinha ❤ A promoção é por tempo limitado, até o dia 31/ 10/ 2015. Para comprar, acesse esse link. =)

 

 

Amor e maldição em Cidade Fantasma · Cidade Fantasma · Literatura Nacional · Mês Especial do Halloween · Tainá Ruiz · Uncategorized · [Literatura] · [Livros] · [Terror]

Mês Especial do Halloween: Amor e maldição em Cidade Fantasma

Conheci Cidade Fantasma da Autora Tainá Ruiz na internet. Não me lembro muito bem como cheguei em seu blog, mas quando vi já estava devorando os capítulos disponíveis e me tornei fã da série. A história bombou no blog, cativou leitores e Tainá correu atrás para publicar. Depois de quase dois anos de muita espera e ansiedade, ela publicou de forma independente, me enviou o livro e esses marcadores lindos que me encantei de cara.

Gente, o que dizer desse livro? A Tainá conseguiu se superar! Cidade Fantasma já não era uma surpresa pra mim, porque conhecia a história, mas fiquei chocada com o rumo que as coisas tomaram. O livro narra a história de Ian, filho único que acaba indo morar com os seus pais no que dizem ser uma Cidade Fantasma. E sua chegada já é movimentada, porque ele e seus pais encontram Elizabeth, uma garota muito misteriosa no meio da estrada. Ela parece ser problemática e ninguém consegue compreendê-la. Menos Ian, que sente uma necessidade absurda de ajudá-la. Bem, um tanto quanto diferente né? E as surpresas não param por aí. Ian que tem o dom de ver e falar com os mortos, acaba indo morar na casa que pertenceu a família da Liz e acaba conhecendo Will, o irmão dela. A partir daí, uma série de coincidências, reviravoltas com direito a muitas pitadas dark estão presentes na trama. E acredite se quiser, a história dos três está conectada e Ian vai ter que aprender a lidar com as mudanças e a chegada dos irmãos que mudou a sua vida.

Cidade Fantasma é o livro I de uma trilogia e é uma história repleta de ação. Não tem um capítulo monótono, a história é intensa e repleta de reviravoltas. E isso é uma das coisas que mais gostei, porque quando estava me preparando para a parte mais tranquila, Tainá vinha e acabava com as minhas esperanças. No final, só queria entender o PORQUÊ A TAINÁ fez isso, mas tudo bem, porque ainda tem o livro II vindo aí e sei que tem muuuuita história para acontecer.

Não curto dar spoilers em meus textos, mas o que posso dizer é que Cidade Fantasma é uma história sobre amor, maldição e muitos sonhos. Liz é uma personagem cativante e sua personalidade gótica é apaixonante. Ian é o mocinho que todo mundo sonha em encontrar e Will é o melhor amigo que alguém poderia ter. O mais bacana de se apegar ao livro é ter a sensação de que os personagens se tornaram os seus melhores amigos e foi isso que aconteceu comigo em Cidade Fantasma. Lembrando que o livro é uma ótima pedida para o Mês Especial do Halloween, uma vez que tem muita aventura, elementos góticos e sustos. Tem fantasia, romance, terror e muitos mistérios. Os ingredientes perfeitos para o Dia das Bruxas. Não perca tempo e garanta o seu, tenho certeza de que vai ter muitos arrepios! Adicione no Skoob, curta a fanpage do livro e compre pelo site da Autora.