comédia romântica · Dove Cameron · Editora Gutenberg · Faça seu pedido · Liv e Maddie · Mandy Hubbard · Os Feiticeiros de Waverly Place · romance · Selena Gomez · [Comédia] · [Disney] · [Literatura] · [Livros]

Faça seu pedido (Mandy Hubbard)

“Kayla McHenry está tendo o pior aniversário de dezesseis anos da história! E não é só porque ela é diferente. Fica difícil se divertir quando você está apaixonada pelo namorado da sua melhor amiga.

Na hora de assoprar as velinhas, Kayla faz um pedido: “Eu desejo que todos os meus desejos de aniversário se tornem realidade. Porque eles nunca se realizaram”.

Na manhã seguinte, ela acorda e vê um Meu Querido Pônei cor-de-rosa pastando em seu jardim. No dia seguinte, depara-se com um carregamento de chicletes de bolinha para um ano inteiro. E, então, um cara meio plastificado chamado Ken aparece e começa a segui-la por toda a cidade, a bordo de um conversível!

A cada dia, um novo desejo se torna realidade. Mas… isso PRECISA PARAR. Porque, quando fez quinze anos, Kayla desejou ganhar um beijo de Ben Mackenzie… E Ben, agora, é nada menos que o namorado de sua melhor amiga!”

Olá terráqueos, tudo bem? Que saudade de vocês, que saudade daqui!

Faz um longo tempo que não dou as caras no site. Pelas minhas contas foram quase sete meses de hiatus. Wow! Durante esse tempo, estava super enrolada com a faculdade que emendou um período de retorno da greve com mais um semestre, tcc e os freelas de revisão e leitura crítica que tenho feito. Quando o novo período da faculdade começou, prometi que continuaria a escrever, ler e postar, mas não foi isso que aconteceu. Acabei me envolvendo com as leituras da monografia, fiquei assistindo muitas séries, comi muita yakisoba, fiz novos amigos e decidi que daria um tempo para me dedicar. Mas é claro que também não deu certo haha. Agora estou de férias (eu tenho um mês) e decidi que vou continuar a escrever, ler, postar e vlogar sempre que possível e sem pressão. Eu senti muita falta desse universo e mesmo que, ainda envolvida com o tcc e suas leituras – que estão paradas, aliás – gosto de ler outros livros, escrever e aparecer por aqui. Ou seja, estamos de volta! Yeeeah!

Por causa do tcc, eu fiquei sem ler durante um tempo e com uma ressaca horrorosa. Mas nesse mês de Julho, fiquei sem internet e adivinha o que aconteceu? Isso mesmo, eu li muito, tipo demais! Eu li seis livros em um mês! Para alguém que não estava lendo nada, até que fui muito bem. E um desses livros que li, me diverti horrores e pensei que tinha que falar sobre ele com vocês. Porque sério, ele é incrível! O livro em questão é Faça seu pedido, da autora Mandy Hubbard da Editora Gutenberg. Uma amiga já tinha me indicado, mas não tinha dado muita atenção. Posso dizer que me arrependi amargamente de ter demorado tanto para ler! Faça seu pedido conta a história de Kayla McHenry, uma adolescente que na sua festa de 16 anos pede ao assoprar as velinhas que todos os seus desejos de aniversários se realizem. Ela só não contava que isso realmente fosse acontecer! Seu desejo de aniversariante se realiza e é aí que a loucura começa! Ela é surpreendida por um pônei cor de rosa, várias bolinhas de chiclete em seu quarto, Ann, a boneca trapinho e o Ken que surgem em carne e osso para atrapalhar ainda mais a sua vida.

Acontece que Kayla está com alguns problemas. Ela e sua melhor amiga Nicole andam afastadas agora que a amiga começou a namorar Ben, justamente o cara que ela gosta. E no meio disso tudo, tem que lidar com essa confusão dos desejos e não faz ideia de como resolver. O livro tem uma narrativa muito gostosa, a leitura é fluída e uma comédia das boas. Faça seu pedido é um livro que tem cara de sessão da tarde bem clichê, bem do tipo que eu amo. O flerte com a fantasia é um ponto interessante que torna a história ainda mais atrativa!

Eu virei a madrugada lendo (mais um ponto positivo, pois é possível ler de uma vez só) e gargalhei muito. O livro aborda muitas questões interessantes como amizade, lealdade, amor e relacionamento com os pais. Me identiquei em vários momentos e lembrei dos meus pedidos de aniversários e imaginei que louco seria se eles virassem realidade haha! Fiquei curiosa para ler outros livros da autora e indico para qualquer pessoa que assim como eu, ame comédias românticas, protagonistas fortes e engraçadas como a Kayla que é muito atrapalhada e não resistem a uma história açucarada. Vai por mim, é diversão garantida. Além do mais, o livro tem uma capa super gracinha e é uma daquelas histórias que a gente vai se lembrar pra sempre, com direito a várias referências disney’s. Cinco estrelinhas

Durante a leitura, vi a Kayla diversas vezes como a Selena Gomez (especificamente a Alex Russo de Os feiticeiros de Waverly Place, série que eu amo) e Dove Cameron como Nicole (atriz mega fofa de Liv e Maddie, outra série que eu adoro). Se alguém se interessar em fazer uma adaptação, seria uma ótima ideia hein? rsrs

Midnight Society · The Nightmare Room · Tudo o que gostaria de saber sobre The Haunting Hour · [A hora do Arrepio] · [Clube do Terror] · [Goosebumps] · [Netflix] · [R. L. Stine] · [Séries] · [The Haunting Hour]

Tudo o que gostaria de saber sobre The Haunting Hour

Como todo mundo sabe, sou muito fã do R. L. Stine e depois de tirar férias com direito a Netflix, vim compartilhar com vocês uma das minhas séries favoritas.  Senhoras e senhores, apresento The Haunting Hour.

 The Hauntig Hour – A Série é um seriado americano de terror, com episódios de meia hora. O show estreou no canal The Hub nos Estados Unidos em 2010. Voltado para crianças e jovens, a trama é inspirada nas histórias de terror do Autor R. L. Stine. Cada episódio possui uma história diferente, alguns com continuações, outros não.

“A Floresta De Lovecraft “: um dos episódios mais assustadores e um dos melhores da série.

A série segue a mesma linha de A Hora do Arrepio (The Nightmare Room), seriado que passava no SBT em 1998 e é uma série publicada pela Editora Rocco, escrita pelo R. L. Stine. Nos episódios, forças ocultas e criaturas sobrenaturais envolvem as histórias cujo mistérios no final são revelados. A trama tem uma carga muito forte com lição de moral, assim como as outras obras do Stine – Goosebumps e Clube do Terror. The Haunting Hour foi reprisado recentemente pelo canal HBO Family e apresentou vários atores que começaram a carreira no programa, como Debby Ryan (do seriado Jessie) Dylan Minnette que curiosamente protagonizou o filme de Goosebumps em 2015 no papel do adolescente Zach Cooper.

Alguém conhece esse rapaz? Foto nos bastidores da gravação do episódio que Dylan participa.

Uma coisa muito comum na série são os atores participando de outros episódios e interpretando diferentes personagens, visto que a maioria dos episódios são independentes dos outros ( Dylan foi um desses). A série possui vários episódios inesquecíveis. Quem não se lembra da boneca psicótica em “Igual a você: parte 1 e parte 2”? Ou da pousada sinistra de “A Pousada dos Pesadelos”? A pousada dos pesadelos é um dos meus episódios favoritos ao lado do episódio “Vô Vampiro – parte 1 e 2”, que por sinal tem Christopher Lloyd – a lenda de De volta para o futuro – no papel do avô vampiro. Quase pirei quando descobri isso haha

Olha o Lloyd como vampiro *–*

Mas um dos melhores episódios e mais assustadores é sem dúvidas “A Floresta de Lovecraft” que é uma clara referência/ homenagem ao Escritor Lovecraft, um dos maiores escritores de horror que já existiu. O episódio é surreal e aborda um dos meus temas preferidos na ficção.  Outro episódio que me deixou assustada foi o “Espantalho” e o seu final destruidor. Juro que nunca imaginei um final daquele! Para ter uma ideia, a série produziu um final alternativo para esse episódio. E mesmo assim, nem em mil anos esperava que terminasse daquela forma. Foi chocante!

Apesar de seguir ideias semelhantes as “séries – irmãs” como: A hora do Arrepio, Clube Do Terror e Goosebumps, senti que The Haunting Hour flerta bem mais com Além da imaginação (The Twilight Zone) – série clássica de terror, sobrenatural e ficção cientifica da década de 50 que foi refilmada nos anos 2000 e exibida no SBT – só que para o público infantojuvenil, com finais repletos de reviravoltas e arrepios. R. L. Stine já confirmou em entrevistas que TTZ foi uma grande inspiração para as suas séries. Por conta disso, The Haunting Hour se tornou uma das minhas séries favoritas desde que descobri no youtube. Ah, a série foi filmada em Vancouver no Canadá e possui um visual de tirar o fôlego. Mais um motivo para assistir >.<

Se você curte enigmas, histórias eletrizantes e um bom conto de terror, assista The Haunting Hour! A série ainda está disponível no Netflix e tem três temporadas por lá. Especula-se de que em breve o Netflix vai passar a 4ª temporada.  Escute os meus conselhos e vá assistir! Garanto que a sua vida nunca mais vai ser a mesma.

P.s: Essa série foi uma das inspirações que tive para escrever Maratona Do Terror ❤

bruxas · Halloween · Maratona do Terror · [ Abracadabra] · [A hora do Arrepio] · [Clube do Terror] · [Diário de uma Escritora Outsider] · [Diário de uma Escritora Outsider]: #Dia2 Ritual para escrever terror · [Goosebumps] · [Juliana Skwara] · [Terror]

[Diário de uma Escritora Outsider]: #Dia2 Ritual para escrever terror

Eu prometi vários posts para semana passada e falhei miseravelmente. Vocês já devem estar cansados das minhas promessas, né? Mas por favor, não desistam de mim!

Caso vocês não saibam, sou aluna de Letras da UFRJ e isso quer dizer que fiquei quase quatro meses parada por causa da greve e o período equivalente ao 2015. 2 começou em Novembro. Então, enquanto todo mundo está curtindo as férias, estou me dividindo entre leituras – trabalhos – seminários – provas da faculdade, trabalhos da vida real, vida social e livros que escrevo. Acaba que sem querer o site fica por último. Juro que estou tentando mudar isso.

Essa semana é a primeira que fiquei sem nenhuma pendência da faculdade – a princípio, porque comecei a ler os livros para a minha monografia – e a primeira coisa que pensei é que finalmente vou poder me dedicar a Maratona Do Terror 2 ou aquele livro de bruxas que não paro de falar por aqui. Pausa para dizer que eu sou completamente enlouquecidamente apaixonada por bruxas. É uma relação surreal, quase sobrenatural que não consigo explicar. Desde pequena sou fascinada por esse mundo, assisto Abracadabra – que é um dos meus filmes favoritos da vida – desde que me entendo por gente, assistia A hora do Arrepio, Goosebumps e Clube do Terror nas minhas tardes em casa ou nos sábados. Lembro também que sofria muito, porque aqui no Brasil não se comemora o Halloween. A lembrança mais antiga que tenho é de receber a Revista da Barbie (sim, eu fui assinante) que era um especial de Halloween do dia do das Bruxas e surtei. Fiquei tão pirada que tenho até hoje o que restou do exemplar, porque cortei a revista toda e colei no caderno que escrevo Maratona Do Terror 2. Eu sou aquela louca por Bruxas e Halloween.

 

Como me descobri com tempo livre, resolvi voltar a escrever Maratona Do Terror 2. A história desse livro começa no #NaNoWriMo 2015 quando decidi atingir 50 mil palavras. E eu consegui! Só que quando cheguei na meta, decidi descansar um pouco e aconteceu o inevitável. Me distanciei da história, não terminei de escrever e não cumpri a minha meta. Fiquei bastante chateada, mas isso não dependia só de mim. Afinal, tinha que trabalhar e fazer trabalhos para a faculdade. Conciliar é algo muito difícil para uma pessoa desfocada como eu.

E é claro que o meu ritual para escrever não seria uma coisa fácil. Eu moro com um monte de gente, barulho e distração fazem parte da minha realidade. Logo, só encontro silêncio de madrugada e isso se torna uma coisa muito complicada quando se tem que acordar sete horas da manhã ou até antes para ir a faculdade. Voltando ao assunto, como fiquei muito tempo longe da história e mesmo com o esqueleto pronto, precisava entrar na vibe do livro. E isso inclui assistir filmes e séries temáticos, escrever ouvindo música e pesquisar em mais de cinco abas tudo sobre bruxas, halloween e etc. Não, isso não é uma desculpa. Isso é uma realidade quando se é uma Autora de terror.

 

Sim, isso dá um trabalho do caramba. Só que é essa parte de desafio, de descobrir mais e mais coisas que vão me inspirar e agregar coisas ao meu conhecimento que gosto mais, que me dá mais vontade de escrever. Eu sempre descubro alguma coisa diferente, algum dado importante ou encontro um livro que vai me ajudar. É uma longa lista de referências que me ajudaram muito a chegar no ponto em que estou e pretendo em fazer um post só sobre isso.

Playlist selecionada, som bem alto para nada me atrapalhar, várias abas abertas e caderno do Maratona Do Terror no lado, chegou a hora de voltar para Amy e companhia. Senti muita falta deles. Vocês vão ainda ouvir muito sobre eles ❤

E não, para me inspirar a escrever, não preciso me conectar a fantasmas, nem nada do tipo. Minha mente já viaja normalmente lol.

Aniversário · Uncategorized

Manifesto para ser jovem velha o quanto quiser

Faltam seis dias para o meu aniversário e sei que deveria ter dado as caras aqui antes. Minhas desculpas podem não ser suficientes, mas são verdadeiras. Caso você tenha caído aqui por acaso, saiba que além de Autora de Maratona Do Terror, Escritora, ser humano e  Administradora do Novos Escritores, sou universitária e trabalho com freelancer de revisão.

Então, quando tenho tempo deixo para curtir um pouco e me dou o prazer de ficar longe dos livros e a escrita. Infelizmente esse é o lado ruim de trabalhar com livros. A mente cansa e às vezes tudo o que mais quero é assistir  aqueles filmes teen da Disney ou aquelas comédias românticas pastelonas. Mas bem, não foi por isso que vim aqui.

Durante muito tempo, tive medo de envelhecer. Apesar de ter muitos parentes mais velhos e sempre sonhar em ser velhinha, sempre refletia a respeito disso. Olhando agora, vejo que na realidade não era exatamente medo de não ser mais jovem, de ter rugas e etc, mas sim de crescer e virar uma adulta chata. Na minha cabeça, adultos chatos são aqueles que acreditam que por serem mais velhos são portadores da sabedoria. Para eles, ficar mais velho é sinônimo de usarem roupas mais sérias, andarem de cara amarrada pra cima e pra baixo e renegar tudo o que gostavam quando eram jovem.

Eu tenho reparado que a maioria das pessoas que conheço e que estudaram comigo se tornaram adultos chatos, como se fosse obrigatório ao atingir certa idade adotar um comportamento. Vou completar 26 anos no dia 22 de Janeiro e durante muito tempo, o fato de estar me aproximando dos 30 me assustava. Hoje não mais.

tumblr_n3215zt4jj1sgmx1eo5_500

Minha família e grande parte das pessoas que conheço acreditam fielmente na teoria de que quando ficamos mais velhos devemos nos tornar uma pessoa séria e aparentar isso. As pessoas ligam idade a seriedade. Eu nunca liguei pra isso. Tenho minhas responsabilidades, mas não concordo com essa ideia de que tenho que mudar só porque estou ficando mais velha. 

Eu posso ter as minhas responsabilidades, deveres, trabalhar e ainda assim curtir filmes da Disney, ser apaixonada por rosa e o Escritor R. L. Stine. Ter uma obsessão fora do comum por bruxas, halloween, anos 80, séries, viagens no tempo e batata frita. Uma coisa não anula outra.

Me sinto muito feliz de sentir que sim a idade está chegando e me fazendo um bem danado. Aqueles que reclamam que estão ficando velhos não fazem ideia do quanto a serenidade e a maturidade no decorrer dos anos fazem bem. Se eu soubesse disso antes, provavelmente não teria sido uma adolescente rebelde.

caveira fofa

E já que o meu aniversário está chegando, nada melhor do que ter vários posts por aqui. Sim, essa vai ser a minha forma de comemorar com vocês ❤

 

 

2016 · Alô 2016 · Uncategorized

Alô 2016

Sim, eu sei que ando sumida.

Mas em minha defesa informo que esse final de ano foi bem intenso: retorno as aulas da faculdade – já que a greve de três meses no meio do ano ferrou tudo – Natal, ano novo, família, aniversário do Djan e vida real, porque a gente vive, né?

Não me esqueci dos vídeos. Fiquem tranquilos que quando menos esperar vão surgir vários vídeos com a minha pessoa para não enjoarem de mim. E espero incluir os melhores de 2015 nisso. Infelizmente não li muito no ano de 2015 e isso é uma ENORME vergonha que NADA justifica. Mesmo com TCC vindo aí, pretendo continuar lendo bastante. E nossa, tenho muuuuitas novidades pra contar pra vocês. 2016 já começou com a corda toda!

Agora preciso ir que os episódios de Friends me esperam. Ah, FELIZ DIA DO LEITOR, SEUS LINDOS! Obrigada por me fazerem a Escritora mais feliz do universo! Muitos beijos, suspiros, livros e chocolates. Yaaaay *—*

foto60

A culpa é da Alice · Alice no país das maravilhas · Uncategorized

A culpa é da Alice

Tudo começou por causa da Alice. É, aquela personagem do livro “Alice no país das maravilhas” de Lewis Carroll. Vamos ignorar aquele boato de que ela era uma adolescente que Carroll era apaixonado., isso não importa. A questão é que descobri Alice aos seis anos e desde então não desgrudei mais.

Em todos os momentos da minha vida, ela estava lá: nas conquistas, nas crises e nos momentos de reflexão. O que me mais me encanta nessa personagem é que a busca da Alice em sua trajetória, não é pelo príncipe perfeito do cavalo branco, mas sim pela sua identidade, seu lugar no mundo.

Sabemos que por mais que o amor seja importante, todos nós temos um lugar e lutamos por ele no dia a dia. E quem negar que nunca se angustiou por isso, está mentindo! Por isso, Alice é uma personagem destemida e intensa. Aventureira e dona de uma personalidade incrível, sua garra e bravura estimularam o melhor em mim.

Foi Alice quem me inspirou nas vitórias que surgiram em meu caminho. Foi por causa da Alice que me senti livre para ter a minha própria personalidade. Foi por causa da Alice, o rock. Foi por causa da Alice que comecei a escrever e prestei vestibular. Foi por causa da Alice que me tornei rebelde e ‘prefiro ser aquela metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo’. Foi por causa da Alice que me tornei viciada em livros. Tudo meus caros, foi culpa da Alice. As músicas, os livros, as séries, os amores e os sonhos… Tudo é culpa da Alice!

large (18)

Cidade das Sombras · Maratona do Terror · NaNo WriMo · Uncategorized

Eu venci o #NaNoWriMo 2015

É, eu sei. Faz um tempinho desde que nos falamos pela última vez.

Em minha defesa, informo que o motivo de ter faltado tanto no blog quanto no vlog, foi por causa do NaNoWriMo. Ah, o que é isso? A Juliana ficou maluca? 

Não, eu não fiquei. O NaNoWriMo – National Novel Writing Month/ Mês Especial para escrever um romance  ou conhecido como um campeonato de escrita – é um mês em que os Escritores se dedicam a escrever 50 mil palavras durante o mês de Novembro, podendo ou não finalizar um livro. Essa não é a primeira vez que participo. Lá em meados de 2013, participei com o primeiro livro que terminei e adivinhem? Cheguei a vinte mil palavras escritas. Na época, fiquei me sentindo péssima, mas olhando agora, vejo que para quem estava tentando pela primeira vez até que fui bem. Várias coisas me atrapalharam naquela época: final de período da faculdade, estágio, etc. Participei outras vezes, tanto do NaNoWriMo, quanto do Camp NaNoWrimo que acontece nas férias de Julho e flopei miseravelmente. No ano passado, quando tentei terminar o mesmo livro desse ano, escrevi duas mil palavras. Foi quando pensei que não poderia deixar a próxima oportunidade passar e conseguir o feito em 2015. Precisava mostrar para mim mesma que conseguiria e se conseguisse, ainda teria um bom material para terminar o livro.

escritoresqueninguemle300x231

Pois bem. Eu sabia que para isso acontecer, teria que me ausentar de muita coisa. Foi por isso que ficamos sem vídeos e sem postagens. Tudo por um bom motivo. Além disso, descobri também que me ausentar do facebook fez a minha produtividade disparar. Muitos amigos comentaram que estava sumida, mas valeu a pena. E com tudo isso, cheguei a conclusão que se eu quiser escrever livros e terminá-los, tenho que me manter longe dele. E vocês sabem, não perco muita coisa me ausentando mesmo. Sempre que entro no facebook parece que sou engolida para um universo paralelo e cinco minutos depois, nem me lembro mais o que iria fazer ali. #problems

O livro que escrevi no NaNoWriMo intitulado Cidade das Sombras  ou Maratona Do Terror 2 nasceu em 2010 e desde então nunca consegui terminar. Muitas coisas atrapalharam: faculdade, meus chefes, vida social, estágio, eventos, etc. E não terminá-lo sempre me deixou angustiada. Todo escritor tem uma história que se identifica e CD é a minha. Não quero falar muito para fazer  surpresa, mas o livro fala sobre uma das coisas que mais amo: BRUXAS ❤

gif de scooby

Cresci assistindo Abracadabra (já falei aqui que ele é um dos meus filmes favoritos), sou cria da Disney e se pudesse faria parte da Mistério S.A. Scooby Scooby Doo! E depois de cinco anos, consegui entender o porquê nunca consegui chegar ao fim.

abracad

Eu acreditava que Cidade das Sombras era uma história de fantasia, só que não é. Por mais que retratem bruxas e tenha MUITOS elementos fantásticos presentes (lendas, vampiros, Halloween, etc), o livro é mais puxado para o Sobrenatural/ terror/ mistério do que a fantasia em si. Acredito que essa confusão me deixou empacada por muuito tempo. Foi aí que decidi virar o jogo. Durante o NaNo tive a brilhante ideia de colocar um sonho em ação. Já tinham me pedido para fazer Maratona Do Terror virar série e foi assim que decidimos que Cidade Das Sombras vai fazer parte disso. Maratona Do Terror vai ser uma série de livros, mas nada de contos e sim romance. E os livros podem ser individuais ou com continuações ❤ Animados com a notícia? Eu estou pirando *–*

O grande segredo de ter vencido o NaNoWriMo foi o meu planejamento. Antes de escrever, fazia roteiros dos capítulos e isso salvou a minha vida. Eu tirava uma hora para escrever, principalmente a noite (sim, eu sou da turma da madrugada) e mandava ver. Colocava música no volume máximo e viajava. Outra descoberta brilhante foi constatar que é possível ter disciplina e escrever. Escritor sempre acredita que deve estar inspirado, mas com o NaNo, você descobre que escrever é 50 % inspiração e 50 % dedicação. Não é fácil, mas é possível!  Ter foco é realmente tudo!

Vocês devem estar se perguntando: “– Mas ela já tinha começado a escrever o livro cinco anos atrás! Não vale!”. Sim, é verdade, mas se aproveitei 20 % daquilo, foi muito. Passei esses cinco anos mais reescrevendo do que escrevendo. Eu sabia que para terminar precisava desapegar e deixar a história seguir o seu fluxo. Foi isso que aconteceu. Outro ponto positivo é que foi MUUUITO legal a união no grupo do NaNo WriMo Brasil. Foi a primeira vez que vi uma galera engajada e unida por uma missão. Todo mundo trocou ideia, ajudou e deu incentivo para o outro. Não tenho dúvidas de que isso fez a diferença. Não poderia deixar de agradecer a Sarah Marques, que super me incentivou com os Nano Sprints, a troca de ideias e a diversão garantida! A Giulia Santana que me citou em vários posts em seu blog maravilhoso (A Giu escreve muito bem gente. Sério, visitem o blog dela *–* ) e pelo inúmeros bate papos no twitter que me inspiraram e tornaram o NaNo mais leve. Saber que tem outro escritor surtando tanto quanto você dá um alívio danado ❤ Agradecimentos também a L. L. Alves, que super me incentivou a me entregar a história e me deu vários conselhos que foram responsáveis para ter conseguido.  Obrigada também a Barbara Herdy que entrou na dança e está sempre disponível para conselhos, desabafos e tudo mais. Obrigada por compreender essas loucuras de escritor. Você me entende! Agradecimentos especiais a Lívia Araújo que foi uma SUPER amiga me indicando séries, filmes, músicas e livros com a temática do meu livro que me inspiraram e não me deixaram ficar com bloqueio. Quem tem amigos tem tudo ❤ Obrigada por I Kissed a Vampire!!!! Da licença que minhas amigas são talentosas para caramba, viu? E agradecer ao meu namorado Djan que super compreendeu o fato de que eu precisava escrever, mesmo sendo sábado à noite! Obrigada por estar ao meu lado quando escrevia, compreender e me ajudar. Isso não seria possível sem você, amor ❤ Ufa, não estou louca e nem sozinha ❤ haha

jubs2

Foi assim que cheguei as cinquenta mil palavras. Quando vi o anúncio estampado na minha frente, não conseguia acreditar que tinha acontecido. Depois de tantos anos, tantas tentativas, tinha provado para mim mesma que era possível. Uma parte de mim ficou aliviada e outra emocionada. Superar desafios é uma coisa muito maravilhosa ❤

Infelizmente depois que atingi a meta, dei uma parada. Eu sei, isso é horrível e não era o que planejava. Maaas é que durante o NaNo, minha tendinite veio me visitar. E depois que consegui, precisei dar atenção a faculdade e ao meu trabalho (como vocês sabem, também sou revisora). Mas não pensem que desisti. Consegui um material muito bom e pretendo terminar o livro logo, quem sabe agora em Dezembro? Seria fantástico fechar o ano assim ❤

Vocês devem ter notado que o site está com visual novo *–* Eu achei que estava na hora de mudar. Depois que atingi a meta do NaNo, fiquei muito chateada com alguns problemas pessoais (inclusive um dos motivos para não ter continuado a escrever Cidade das Sombras), mas agora estou de volta e muito feliz em anunciar que muuuitas novidades estão chegando! E nada melhor do que um layout novo para celebrar o futuro que vem vindo aí! Como diria Nina Dobrev: “Apertem os cintos. Se vocês pensam que sabem o que vem por aí… Vocês não sabem de nada”. VEM COM TUDO FUTURO ❤

P.s: E se você leu até aqui, muito obrigada! Eu sei que o post está imenso, mas precisava relatar tudo que aconteceu comigo durante esse tempo ❤

Contos · Fantasia · Ficção Científica · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Pré - Venda + 5 motivos para ler Maratona do Terror · Promoção Especial Sexta - Feira 13: Maratona Do Terror · romance policial · Sobrenatural · [Juliana Skwara] · [Leitores] · [Literatura] · [Livros] · [Sexta - Feira 13 : Como deixar o seu dia mais arrepiante] · [Sexta - Feira 13] · [Terror]

Promoção Especial Sexta – Feira 13: Maratona Do Terror

Olá Perdidos, tudo bem? Sei que ando sumidinha, mas com a volta das aulas da faculdade, trabalho e #NaNoWriMo (outro dia falarei sobre isso), fui engolida pelo furacão, mas voltei com muuuitas novidades legais!

A primeira delas é que vem aí a Sexta – Feira 13 e em comemoração, Maratona Do Terror: Perdidos – Contos de Arrepio vai estar em promoção por apenas R$ 25, 00 com frete incluso, vai autografado e ainda por cima, ganha marcador personalizado da caveirinha. A promoção vai rolar até a meia – noite do dia 13/ 11/ 2015 e aproveita para garantir o seu, porque são os últimos exemplares! Para comprar o seu, clique aqui.

E até o fim da semana, vou divulgar uma novidade de derrubar os forninhos, espero que curtam MUITO, pois estou muito animada ❤

Queria aproveitar e pedir para quem adquiriu o livro, me enviar uma foto com ele, pois vou abrir um álbum só com as fotos dos leitores e em breve, pretendo gravar o vídeo sobre o #NaNoWrimo ~ campeonato de escrita ~ explicando como está sendo a minha experiência e outro com leitura dramatizada de trechos de Maratona Do Terror. E aí, o que acham? Não precisam ficar preocupados, pois em breve volto. Aproveite e adicione Maratona Do Terror no Skoob e me faça feliz >.<

 

Canal no youtube: Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror · Especial Halloween · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Mês Especial do Halloween · Mês Especial do Halloween: Semana Maratona Do Terror = Conto A Taverna · Perdidos · Programação Especial do Halloween · Promoção Mês do Horror · Promoção Mês do Horror + Programação Especial do Halloween · Tudo sobre o meu livro Maratona do Terror Perdidos Contos de Arrepio · [Juliana Skwara] · [Surpresas] · [Terror] · [Youtube]

Canal no youtube: Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror

Ontem não teve post, mas foi por um bom motivo. Terminei de editar e postei o meu primeiro vídeo. Yaaaaaay *–*  Finalmente está no ar o vídeo que prometi de Especial de Halloween sobre Maratona Do Terror com curiosidades sobre o livro, minhas referências e homenagens e as novidades que vão vir ❤  Espero que curtam o vídeo. Se curtirem, não se esqueçam de se inscrever no canal, dar like, comentar e compartilhar com os amigos. Espero que esse seja o primeiro Halloween de muitos 🎃👻 Vamos divulgar a cultura gótica ❤  Tenham um feliz dia das bruxas! #‎HAPPYHALLOWEEN‬

Como comentei anteriormente, não é a minha intenção ser booktuber. Já tem uma galera muito legal fazendo vídeos disso, mas quero muito fazer vídeos sobre a cultura gótica, sobre filmes, livros, séries e curiosidades. Vamos divulgar a cultura gótica por aí *–*

Contos · Contos de Arrepio · Ficção Científica · Literatura Nacional · Maratona do Terror · Maratona do Terror: Perdidos - Contos de Arrepio · Mês Especial do Halloween · Mês Especial do Halloween: Semana Maratona Do Terror = Conto A Taverna · Os Sonhos Estranhos de Kate Black · Programação Especial do Halloween · Promoção Mês do Horror · Promoção Mês do Horror + Programação Especial do Halloween · [Juliana Skwara] · [Leitores] · [Literatura] · [Livros] · [Youtube]

Semana Maratona Do Terror: Youtube + Conto Os Sonhos Estranhos de Kate Black

No 3º dia da semana Maratona Do Terror, trago esse conto que nada mais é do que um spin – off do que um acontecimento que só é citado no meu primeiro livro escrito que ainda não foi publicado. Tem muita ficção científica, mistério e suspense. Para comprar o livro autografado, com frete incluso e marcador personalizado da caveirinha por apenas R$ 25, 00, compre aqui. Corre que a promoção vai até o dia 31/ 10/ 2015. Também está rolando um sorteio de Halloween, convide seus amigos e tenha mais chances de ganhar Maratona Do Terror. Participe!

 

Vou aproveitar e contar que finalmente terminei de gravar o vídeo de Maratona Do Terror para o Halloween YAAAAY! Já tinha uma vontade antiga de gravar vídeos e se vocês curtirem, posso fazer mais. Só vou deixar claro que não é a minha intenção ser Booktuber. Tem uma galera aí fazendo vídeos muito legais, meu objetivo é outro: apresentar o meu livro e… TAN TAN falar sobre o terror. Seja em livros, séries, músicas ou filmes. Quero focar mais nesse lado, propagar a cultura gótica e derrubar vários preconceitos ❤  Espero que curtam o vídeo, ele vai ao ar no dia 31 de Outubro. Pode deixar que conto quando sair. Enquanto isso, aproveita pra se inscrever no meu canal *–*